quarta-feira, 28 de julho de 2010

Extensões de Arquivos

Extensões de Arquivos(Vídeo,imagem e outros)



Olá amigos concurseiros finalizando a nossa aula de rede, vamos estudar as principais extensões de arquivos como imagens,vídeos e outros tipos de formatos, na medida do possível tentaremos resolver as questões de concurso, pressupõe que é uma matéria bem fácil e não demanda tanto tempo.
Baixem a lista completa de extensões de ficheiros:
http://rapidshare.com/files/409248376/Lista_de_extens__es_de_ficheiros.rar

Cronograma da matéria:
Extensões de Imagens
Extensões de Vídeos
Extensões de ficheiros de Som
Extensões de formatos de documentos
Extensões de Compactadores
Questões de Concursos


Aula 01) Extensões de Imagens

Dicas: Estudaremos nessa aula os formatos de extensões de imagens.
Formatos de ficheiros de imagem:

JPEG - Joint Photographic Experts Group

A extensão em DOS é "JPG". É o formato mais utilizado e conhecido
atualmente. Quase todas as câmaras dão esta opção para guardar as imagens.
Arquivo muito utilizado na Internet e em multimidia, por ter uma compactação
excelente, algo fundamental ao meio, e por suportar até 16.777.216 cores
distintas.

• TIFF - Tagged Image File Format

Arquivo padrão para impressão industrial (offset, rotogravura, flexogravura);
também muito usado como opção nas câmaras fotográficas.
É um formato de arquivos que praticamente todos os programas de imagem
aceitam. Foi desenvolvido em 1986 pela Aldus e pela Microsoft numa tentativa
de criar um padrão para imagens geradas por equipamentos digital. O TIFF é
capaz de armazenar imagens true color (24 ou 32 bits) e é um formato muito
popular para transporte de imagens do desktop para bureaus, para saídas de
scanners e separação de cores.

O TIFF permite que imagens sejam comprimidas usando o método LZW e
permite salvar campos informativos (caption) dentro do arquivo. No Photoshop,
use o comando File Info do menu File para preencher tais campos informativos


• GIF - Graphics Interchange Format

Criado para ser usado extensivamente na Internet. Suporta imagens animadas e
256 cores por frame. Foi substituído pelo PNG.

• BMP - Windows Bitmap

Normalmente usado pelos programas do Microsoft Windows. Não utiliza
nenhum algoritmo de compressão, daí esse formato apresentar as fotos com
maior tamanho.

• SVG - Scalable Vector Graphics

É um formato vetorial, criado e desenvolvido pelo World Wide Web
Consortium.

• PNG - Portable Network Graphics

É um formato livre de dados utilizado para imagens, que surgiu em 1996 como
substituto para o formato GIF, devido ao facto de este último incluir algoritmos
patenteados. Suporta canal alfa, não tem limitação da profundidade de cores, alta
compressão (regulável). Permite comprimir as imagens sem perda de qualidade,
ao contrário de outros formatos, como o JPG.

• PCD - Kodak Photo CD

Este é um formato proprietário lançado pela Kodak, em 1992 como parte um
sistema de digitalização e armazenamento de imagens para suprir a demanda no
início da popularização das imagens digitais. Dessa forma, um rolo de filme era
capturado por um scanner em imagens com 36 bits (12 bits por cor) e
transformado em arquivos digitais por uma estação de tratamento chamada
Photo Imaging Workstation (PIW). As imagens então são gravadas em um CD
usando uma estrutura especial (livro bege), porém compatível com os leitores
comuns de CD. O produto não alcançou massa suficiente para se estabelecer no
mercado e foi descontinuado pela Kodak. O formato, porém ainda é lido e aceito
pelos principais programas de edição de imagens.

• DWG - AutoCAD drawing

Arquivos de texto no padrão ASCII utilizados para armazenar dados de
programas CAD.

• RAW - Família de formatos de arquivo RAW

RAW refere-se à família de formatos de imagem RAW que são originados pela
maioria das câmeras digitais profissionais. O formato RAW não é padronizado
nem documentado, e difere de fabricante para fabricante.

Link da apostila da aula ministrada:
http://rapidshare.com/files/409874102/Aula_01_Extens__es_de_Imagens.rar
http://docs.google.com/fileview?id=0B-jsuz5f-LLAYTU3NjI1YTYtNzZmNi00NGE2LTkzMTAtN2U3NTkwYmE0NTI3&authkey=CKb3o-MI&hl=pt_BR
Aula 02) Extensões de Vídeo

Dicas: Vejamos os principais formatos de Vídeos:
AVI – Abreviação de audio vídeo interleave, menciona o formato criado pela Microsoft que combina trilhas de áudio e vídeo, podendo ser reproduzido na maioria dos players de mídia e aparelhos de DVD, desde que sejam compatíveis com o codec DivX.

MPEG – Um dos padrões de compressão de áudio e vídeo de hoje, criado pelo Moving Picture Experts Group, origem do nome da extensão. Atualmente, é possível encontrar diversas taxas de qualidade neste formato, que varia de filmes para HDTV à transmissões simples.

MOV – Formato de mídia especialmente desenhado para ser reproduzido no player QuickTime. Por esse motivo, ficou conhecido através dos computadores da Apple, que utilizam o QuickTime da mesma forma que o Windows faz uso do seu Media Player.

RMVB - RealMedia Variable Bitrate, define o formato de arquivos de vídeo desenvolvido para o Real Player, que já foi um dos aplicativos mais famosos entre os players de mídia para computador. Embora não seja tão utilizado, ele apresenta boa qualidade se comparado ao tamanho de seus arquivos.

MKV – Esta sigla denomina o padrão de vídeo criado pela Matroska, empresa de software livre que busca ampliar o uso do formato. Ele apresenta ótima qualidade de áudio e vídeo e já está sendo adotado por diversos softwares, em especial os de licença livre.

Link da Apostila da aula ministrada:
http://rapidshare.com/files/409874130/Aula_02_Extens__es_de_V__deos.rar
http://docs.google.com/fileview?id=0B-jsuz5f-LLAZDUxMjU3OWItMjdlOC00MTNhLTkyNzgtOGI4NmYxNzllNmU2&authkey=CL7GjPoE&hl=pt_BR
Aula 03) Extensões de ficheiros de Som

Dicas: Vejamos algumas extensões de música:
MP3 – Esta é atualmente a extensão para arquivos de áudio mais conhecida entre os usuários, devido à ampla utilização dela para codificar músicas e álbuns de artistas. O grande sucesso do formato deve-se ao fato dele reduzir o tamanho natural de uma música em até 90%, ao eliminar freqüências que o ouvido humano não percebe em sua grande maioria.

WMA – Esta extensão, muito semelhante ao MP3, foi criada pela Microsoft e ganhou espaço dentro do mundo da informática por ser o formato especial para o Windows Media Player. Ao passar músicas de um CD de áudio para o seu computador usando o programa, todos os arquivos formados são criados em WMA. Hoje, praticamente todos os players de música reproduzem o formato sem complicações.

AAC – Sigla que significa codificação avançada de áudio, o AAC foi criado pela Apple a fim de concorrer diretamente com o MP3 e o WMA, visando superá-los em qualidade sem aumentar demasiadamente o tamanho dos arquivos. Menos conhecido, o formato pode ser reproduzido em iPods e similares, além de players de mídia para computador.

OGG – Um dos formatos menos conhecidos entre os usuários, é orientado para o uso em streaming, que é a transmissão de dados diretamente da Internet para o computador, com execução em tempo real. Isso se deve ao fato do OGG não precisar ser previamente carregado pelo computador para executar as faixas.

AC3 – Extensão que designa o formato Dolby Digital, amplamente utilizado em cinemas e filmes em DVD. A grande diferença deste formato é que as trilhas criadas nele envolvem diversas saídas de áudio com freqüências bem divididas, criando a sensação de imersão que percebemos ao fazer uso de home theaters ou quando vamos ao cinema.

WAV – Abreviação de WAVE, ou ainda WAVEForm audio format, é o formato de armazenamento mais comum adotado pelo Windows. Ele serve somente para esta função, não podendo ser tocado em players de áudio ou aparelhos de som, por exemplo.

Link da apostila da aula ministrada:
http://rapidshare.com/files/409874149/Aula_03_Extens__es_de_A__dio.rar
http://docs.google.com/fileview?id=0B-jsuz5f-LLAMjdiMDhhYzItYTY1My00MjcwLThhYTUtM2Q5NTA4NmM4OTNj&authkey=CPjWq_cH&hl=pt_BR
Aula 04) Extensões de formatos de documentos

Dicas: Vejamos algumas extensões de documentos:
TXT – Como o próprio nome deixa indicado, a extensão de nome TXT refere-se aos arquivos simples de texto criados com o bloco de notas do Windows. Eles são extremamente leves e podem ser executados em praticamente qualquer versão do sistema operacional.

DOC – Denomina a extensão utilizada pelo Microsoft Word, o editor de textos mais conhecido pelos usuários. A partir da versão 2007 do Office, formato passou a se chamar DOCX, e apresenta incompatibilidades com as versões anteriores do aplicativo, o que pode ser resolvido com uma atualização.

XLS – A descrição deste tipo de arquivo é muito semelhante à do Word, mas refere-se ao Excel, editor de planilhas da Microsoft.

PPT – Esta extensão é exclusiva para o Microsoft Powerpoint, aplicativo que permite criar apresentações de slides para palestrantes e situações semelhantes.

PDF – Formato criado pela Adobe, atualmente é um dos padrões utilizados na informática para documentos importantes, impressões de qualidade e outros aspectos. Pode ser visualizado no Adobe Reader, aplicativo mais conhecido entre os usuários do formato.
Rich Text Format
O RTF, acrônimo de Rich Text Format ou Formato de Texto Rico, é um formato de arquivo de documento desenvolvido e de propriedade da Microsoft desde 1987 para intercâmbio de documentos entre diversas plataformas. A maioria dos processadores de texto são capazes de ler e escrever documentos RTF. Ao contrário da maioria dos formatos de processamento de textos, RTF é um formato legível (human-readable).

O OpenDocument Format (ODF) é um conjunto de formatos de arquivos para aplicações de escritório (edição de texto, planilhas, apresentações de slides, banco de dados, manipulação de imagens, entre outros) desenvolvido com a proposta de oferecer um padrão aberto que pode ser adotado por qualquer pessoa ou instituição.

Tipos de arquivos em ODF

Extensão - Aplicação
.odt Texto
.ods Planilha de cálculo
.odp Apresentação de slides
.odb Banco de dados
.odf Fórmula matemática
.odg Gráfico
.odi Imagem

Link da apostila da aula ministrada:
http://rapidshare.com/files/409874192/Aula_04__Extens__es_de_documentos.rar
http://docs.google.com/fileview?id=0B-jsuz5f-LLANjFiOTFiYjctMWIzMy00NTRjLWJiZGItMjkyYzJlZGNlODI1&authkey=CPnpxvEC&hl=pt_BR
Aula 05) Extensões de formatos de Compactadores

Dicas: Vejamos algumas extensões de compactadores:
ZIP – A extensão do compactador Winzip se tornou tão famosa que já foi criado até o
verbo “zipar” para mencionar a compactação de arquivos. O programa é um dos pioneiros
em sua área, sendo amplamente usado para a tarefa desde sua criação.

RAR
– Este é o segundo formato mais utilizado de compactação, tido por muitos como
superior ao ZIP. O Winrar, programa que faz uso dele, é um dos aplicativos mais
completos para o formato, além de oferecer suporte ao ZIP e a muitos outros.

7z – Criado pelos desenvolvedores do 7-Zip, esta extensão faz menção aos arquivos
compactados criados por ele, que são de alta qualidade e taxa de diminuição de tamanho
se comparado às pastas e arquivos originais inseridos no compactado.
Link da apostila da aula ministrada:
http://rapidshare.com/files/409874209/Aula_05__Extens__es_de_compactadores.rar
http://docs.google.com/leaf?id=0B-jsuz5f-LLAMDY3MmEzNGMtZDJiOC00MmE0LWJmOGQtNDU0ZmE0NjM0OGNk&hl=pt_BR&authkey=COiM3oQM
Aula 06)Questões de Concursos

Nessa aula não teceremos detalhes pois é uma aula de questões.
Link da apostila de questões ministradas:
http://rapidshare.com/files/409874248/Aula_06_Quest__es_de_formatos.rar
http://docs.google.com/leaf?id=0B-jsuz5f-LLANjJjNzM4ZDAtNGYwZS00YjhkLTk1MDktN2E1YTJjMTJjNTll&hl=pt_BR&authkey=CIKXn7ID
http://docs.google.com/fileview?id=0B-jsuz5f-LLAZTkxMmQzNDYtY2YwNS00OGQ3LWI5MzItYTIzYmQ4MDY0OTc3&authkey=CISQ858E&hl=pt_BR

Nenhum comentário: