quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Bill Gates quer fechar parceria com o Brasil


Bill Gates quer fechar parceria com o Brasil
Bill Gates e equipe brasileira da Imagine Cup 2007: dono da Microsoft disse ao ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, que deseja fechar parcerias com instituições brasileiras

Brasília – O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, conversou hoje com o empresário Bill Gates, proprietário da Microsoft e criador da fundação que leva o nome dele e de sua mulher, Melinda Gates.
No intervalo das reuniões da 65ª Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York, Gates disse ao ministro que tem interesse em fechar parcerias com instituições brasileiras.

De acordo com o chanceler, nesta reunião, foram feitos apenas os primeiros contatos nesse sentido, mas ele viu o encontro com bom humor e otimismo. “Acho que é o começo de uma grande amizade”.
A Fundação Bill e Melinda Gates desenvolve pesquisas e apoia ações para o tratamento e a prevenção de doenças, como aids e outras de ocorrência frequente nos países em desenvolvimento. De acordo com a revista Forbes, Gates doou mais de US$ 30 bilhões para a execução de projetos em vários países em desenvolvimento.
Amorim afirmou que Gates demonstrou ter informações detalhadas sobre as atividades desenvolvidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa); a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que desenvolve pesquisas na área de saúde; e o Instituto Butantã, que desenvolve pesquisas biomédicas. “Acredito que há muitas condições de se ter uma boa parceria”, afirmou Amorim, depois do encontro.
Ainda hoje Amorim tem uma reunião com o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad. No encontro, o chanceler pretende interceder pela libertação dos norte-americanos Shane Bauer e Josh Fattal, ambos com 29 anos, capturados por autoridades iranianas, em junho de 2009, enquanto escalavam na fronteira entre o Irã e o Iraque.

Nenhum comentário: