sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Como otimizar o funcionamento do PC?


 Como otimizar o funcionamento do PC?


Como otimizar o funcionamento do PC?

 

 

Fabricantes estão utilizando equipamentos diferenciados e até alterando softwares-padrão para entregar mais velocidade





Preste atenção. Quanto tempo você acha que este computador levará para carregar o Windows?

Viu só? 10 segundos. Já experimentou cronometrar quanto tempo leva o seu? Em média, os PCs tradicionais demoram quatro vezes mais que isso. Essa velocidade só foi conseguida porque o hardware da máquina foi pensado de forma milimétrica e cuidadosa. Placa-mãe, processador, memória... durante 6 meses, a fabricante testou vários componentes e até modificou alguns para que a integração entre os elementos acontecesse de forma perfeita! Tudo isso coube em uma CPU bem compacta, menor até que as convencionais, perfeita para qualquer casa ou escritório.

"A placa-mãe foi otimizada - e isso é um negócio mais ou menos inédito no Brasil - para a gente atingir essa velocidade e esse tipo de resultado", explica Camilo Stefanelli, responsável pela área de produtos da Megaware.

Pra você entender melhor, o que acontece nesta máquina aqui é mais ou menos o que faz com que os computadores da Apple se tornem tão elogiados. No caso dos computadores de Steve Jobs, todos os componentes são produzidos e montados de forma centralizada, por fábricas-padrão. Assim, todos os elementos dentro da máquina se entendem melhor, ao contrário do mundo dos PCs, que têm vários fabricantes diferentes, vários padrões e muita gente que se diz entendida no mercado.

Nessa máquina em particular, a velocidade extra vem da união de esforços dos engenheiros da Intel e da fabricante, mas também da utilização do processador core i5, que oferece uma computação mais inteligente e uma performance adaptável à tarefa que o computador está desenvolvendo no momento, além do SSD, um substituto para o HD tradicional que promete verdadeiros milagres no mundo da computação.

"Uma das vantagens é o consumo de energia porque o SSD, por não ter motores, acaba consumindo muito menos. E pelo mesmo motivo (não ter motores) ele também é mais silencioso. Além disso, como não tem as cabeças de leitura e gravação, a gente elimina todo o processo mecânico, que é o lento no disco. Então isso eleva muito o desempenho da máquina como um todo." comenta Antônio Rivera, engenheiro de aplicações da Intel.

Observação : No nosso blog temos as postagens que falam sobre ssd(solid state drive) e sobre os novos computadores e notebooks da linha intel.

Esta postagem foi tirada do site olhardigital

Nenhum comentário: