sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Googler recusa US$ 500 mil por Facebook

 Googler recusa US$ 500 mil por Facebook

A debandada de funcionários do Google para o Facebook parece não ter fim. Nem mesmo ofertas financeiras generosas seguram os Googlers.

De acordo com o blog Gawker, em muitos casos o gigante das buscas apela para bonificações em torno de meio milhão de dólares para não perder colaboradores para o rival.

Centenas já abandonaram o Google para ir trabalhar no Facebook. Um desses “desertores”, um colaborador de nível médio, chegou a recusar um bônus de US$ 500 mil e um aumento de 15% em sobre o seu  salário de US$ 150 mil, de acordo com o referido blog.

Inventor do Gmail, do FriendFeed e do slogan “Don´t be evil”, Paul Buchheit, ex-Google e que hoje trabalha para o Facebook, confirmou ao site a existência dessa política de bônus para segurar Googlers e impedi-los de oferecer seus serviços ao concorrente.

“Sim, é isso. Muitas pessoas no Google têm usado as ofertas do Facebook para obter um grande aumento”.

Nenhum comentário: