segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Governo Obama quer grampear redes sociais


Governo Obama quer grampear redes sociais
Autoridades de segurança do país querem autorização para interceptar mensagens criptografadas e monitorar Facebook de suspeitos

SÃO PAULO - As autoridades de segurança dos Estados Unidos estudam novas leis e formas de controlar as mensagens que os usuários trocam pela web.
Tecnicamente, os oficiais querem que o Congresso autorize o monitoramento de todas as formas de comunicação digital, como mensagens criptografadas via Blackberry, Facebook, e-mails, Skype, entre outros.
As autoridades de segurança alegam que o grampeamento de suspeitos de práticas terroristas está cada vez mais difícil com o uso dos meios digitais. As informações são do jornal The New York Times.

O projeto, que o governo Obama planeja apresentar aos parlamentares no ano que vem, levanta novas questões sobre a necessidade de equilibrar a segurança nacional e a privacidade dos usuários. 
Organizações de direitos civis e de regulamentação da internet desaprovam a iniciativa.
Desde 1 994, os Estados Unidos possuem uma lei chamada Communications Assistance to Law Enforcement Act, que autoriza o Governo a interceptar ligações telefônicas suspeitas.
Comentário do administrador: Vimos em reportagens que o governo da França adotou uma medida drástica proibindo aos usuários de downloads ilegais sujeitando os mesmos a multas, fica uma pergunta será que os Estados Unidos tomará a mesma postura?

Nenhum comentário: