quarta-feira, 29 de setembro de 2010

LP Dock joga músicas do vinil no iPod


Picape da ION faz conversão de áudio fiel, mantendo até os estalos


Se a sua coleção de LPs resistiu bravamente por décadas juntando poeira, chegou a hora de passar a flanela nos bolachões. O revival do vinil chega a bordo de picapes com design descolado e boa dose de tecnologia, como a LP Dock, da ION. Além de tocar os discos, o equipamento transforma suas faixas (com direito a alta fidelidade até nos estalos) em arquivos MP3. Depois manda tudo para o iPod. Seu preço é de 1.125 reais.




O uso do aparelho é muito simples. Basta colocar o vinil para tocar e encaixar o tocador da Apple na base, ao lado do prato. Durante os testes realizados pelo INFOlab, a qualidade do som ficou boa, mas o volume das faixas poderia ser mais alto. Para os audiófilos, os arquivos podem ser gravados no formato WAV, melhor do que o MP3. O problema é o espaço grande que ele ocupa no disco rígido.



A gravação, realizada com os programas EZ Vinyl Converter e Audacity, funciona apenas com o iPod classic 5G, ou então com os modelos nano 3G e 2G. Com outras versões, a picape trabalha apenas como dock – ou seja, toca as músicas armazenadas no player. Fizemos o teste com o iPhone 3GS, mas o smartphone não foi reconhecido.



O equipamento funciona em três velocidades: 33 1/3, 45 e 78 RPM. Esta última, no entanto, pode ser ativada apenas via software. As conexões disponíveis são a saída de áudio RCA, uma entrada P2 (com 3,5 milímetros) e uma USB, além da dock para iPod. Pelo preço do aparelho, o acabamento em plástico cinza poderia ser melhor. Mas o material não chega a ser frágil, principalmente porque o prato giratório é de metal.

Nenhum comentário: