quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Mano: Se futebol bem jogado voltar, Neymar volta

Mano Menezes durante convocação da Seleção. Foto: AE


Depois da convocação da Seleção Brasileira, o treinador Mano Menezes deu uma entrevista coletiva e, é claro, falou sobre Neymar.

Destaque do Santos e do começo da Era Mano Menezes na Seleção, Neymar foi deixado de fora da lista. Segundo Mano, a Seleção não precisa de problemas.
- Quero deixar bastante claro a linha que estamos pensando na condução do trabalho. Sempre dissemos que o que vai trazer os jogadores é o que produzirem dentro de campo. Os últimos momentos têm sido conturbados. Vamos deixar esses problemas fora da Seleção nesse momento. Achamos importante, como achamos importante a mensagem que vamos deixar, para que todos tenham claro o que temos em mente. Não queremos ser mais duros do que ninguém. Mas todos temos nítido na nossa mente que o futebol muito bem jogado, brilhante dos últimos meses deva ser a marca de um jogador brilhante que é o Neymar. Se isso voltar, ele estará de volta à Seleção.

O treinador da Seleção Brasileira ainda mostrou preocupação com o futuro da carreira da promessa do Santos.

- Vejo algumas questões com um pouco de preocupação e outras com certa naturalidade. A preocupação é por começar a ver o que não gostaríamos dentro de campo. Não é a marca de um jogador talentoso. E a naturalidade por entender que pode acontecer com jogadores jovens, como pode acontecer. Não gosto de entrar mais fundo na análise porque vimos a situação de fora. Sou perguntado sobre esse assunto e certamente preciso me posicionar. Não posso ficar fugindo das questões.

Por fim, Mano revelou que não chegou a conversar com Dorival Junior, ex-treinador do Santos.

- Minha conversa com o Dorival não seria na direção de conselhos, sou avesso a isso. É complicado de se dar, não fazendo parte integral de qualquer situação. A conversa seria para tomar conhecimento de todos os fatos. Muitos não são tornados públicos e podem explicar certas situações. Mas a conversa não aconteceu por certas circunstâncias.

Nenhum comentário: