quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Microsoft libera beta do Internet Explorer 9

Microsoft libera beta do Internet Explorer 9







SÃO PAULO – A Microsoft lançou hoje o primeiro beta do Internet Explorer 9. O navegador, que começou a ser apresentado no início deste ano, chega totalmente modificado e somente para o Vista e Windows 7 - o XP não será compatível.




A interface do programa foi totalmente redesenhada e está bastante parecida com a do Google Chrome e a do Apple Safari. O visual também está integrado ao recurso Aero do Windows, ou seja, as bordas do Internet Explorer 9 estão semitransparentes.

Como pode ser observado na imagem acima, a Microsoft fez uma limpeza grande na interface e agora ela exibe somente a caixa de endereços, os recursos das abas e, também, os ícones de Favoritos, Página Inicial e ferramentas na parte esquerda do programa. O comando "Voltar" ficou maior. E tem um motivo aí, explica a Microsoft: ele é o botão mais utilizado pelos internautas.

A área de buscas também foi limada. Agora, o usuário pesquisa usando a própria barra de endereços, graças ao recurso One Box. Por padrão, a Microsoft habilita o Bing no recurso One Box, no entanto, o usuário pode mudar e escolher outros buscadores, como o Google.


Segundo Osvaldo Barbosa de Oliveira, diretor da divisão de serviços de Consumer e Online da Microsoft Brasil, os engenheiros retiraram alguns recursos da interface do navegador para dar mais espaço às páginas e aos serviços web.


"Com essas mudanças, o Internet Explorer 9 é o browser com maior espaço para as páginas web", diz. "Desse modo, a gente conseguiu dar ao navegador sua real função: a de palco de teatro, não a de espetáculo".


Novo motor

Apesar das alterações no visual, a principal mudança do software está onde não pode ser visualizada, ou seja, no motor JavaScript. Chamado de Chakra, o motor faz o Internet Explorer 9 realizar tarefas na web 11 vezes mais rápido e consumir menos memória do PC, algo em torno de 50%.


Segundo Oliveira, o novo motor conseguirá deixar as aplicações web no IE9 com o desempenho dos programas nativos do Windows ou daqueles que são instalados no computador. “Os navegadores usam apenas 10% do poder de processamento do micro. Os engenheiros da Microsoft, durante o desenvolvimento do Internet Explorer, tinham como objetivo claro explorar o uso dos outros 90%."

O software apresenta tal rapidez por causa de um recurso que usa os processadores das placas gráficas para renderizar as imagens e os gráficos das aplicações web. Segundo Oliveira, o Internet Explorer 9 nasce, portanto, pronto para rodar com tranquilidade os serviços ricos de web, como os games que exploram o poder do padrão HTML5 e as páginas que usam e abusam das tecnologias CSS3 E SVG.




E por falar no HTML5, o novo motor do Internet Explorer está totalmente compatível com o que já foi definido para o padrão. "Como temos centenas de profissionais da Microsoft ajudando na definição do HTML5, o navegador estará sempre atualizado para os novos recursos do padrão."


Novos recursos

O Internet Explorer 9 está bastante integrado ao sistema operacional Windows 7.  De acordo com Oliveira, as páginas web cujo código HTML forem otimizados para o navegador podem usar os recursos da Jump List do Windows 7 para exibir os serviços, canais e outras ferramentas do site.


Outro recurso é o "Sites Fixos". Ao usá-lo, o usuário pode arrastar o link da página direto para a barra de ferramentas do Windows 7. Desse modo, o usuário pode acessar o site rapidamente sem ter que abrir o navegador e, caso o site esteja preparado, acessar os recursos diretamente da barra de ferramentas.  "Fizemos isso porque 62% dos usuários do Windows colocam alguma aplicação na barra de ferramentas do sistema operacional."


Os engenheiros do Internet Explorer 9 também adicionaram no programa um gerenciador de downloads. Integrado aos recursos de segurança do navegador, ele é capaz de alertar quando um aplicativo ou documento baixado da web tem vírus.


Na parte de segurança, o Internet Explorer 9 basicamente mantém os recursos do antecessor, como o SmartScreen Filter e o InPrivate Browsing. Segundo Oliveira, os engenheiros só aprimoraram as ferramentas para ela continuar a defender o  internauta dos sites maliciosos ou dos códigos web que possam roubar dados, como os de banco online, por exemplo.


O software também teve a parte de segurança de add-on reforçada. Agora, o Internet Explorer 9 exibe um alerta (e um pedido de confirmação) quando um programa está tentando instalar um aplicativo extra, por exemplo, uma barra de ferramentas. Outro reforço foi na parte de proteção à navegação, que impede que o programa trave quando um site estiver com problemas.






fonte: http://info.abril.com.br/noticias/tecnologia-pessoal/microsoft-libera-beta-do-internet-explorer-9-15092010-29.shl?4


Nenhum comentário: