quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Na mão: notebook gamer GT660 da MSI



Notebooks para gamers geralmente merecem um olhar mais aprofundado – lei da qual o MSI GT660 não foge. O notebook, equipado com Core i7 de 1,6 GHz, Nvidia GeForce GTX 285M e saídas de som da Dynaudio, realmente é de fisgar os olhos. Só tome cuidado para não ficar tonto com tantos LEDs piscando ou se perder na enorme quantidade de botões.

À primeira vista, as mancadas que pudemos notar no notebook foram poucas. O GT660 pode ser comparado numa boa com o Alienware 17x, da Dell, ou com o G51J3D, da Asus. Em testes como o PCMark Vantage e 3DMark06 até superou os dois concorrentes, ficando atrás em poucas categorias. Além disso, sua configuração impressiona. O modelo testado pelo INFOlab tem 1 TB de disco, 6 GB de RAM DDR3 e duas entradas USB 3.0. Ele roda Windows 7 Home Premium.

Um problema perceptível é a resolução da tela. Há um modelo do computador que tem leitor de Blu-ray, e, justamente por isso, a resolução de 1366 por 768 pixels deixa a desejar.


As saídas de som, localizadas nos cantos superiores, produziram poucas distorções, percebidas apenas em volumes altos. Entre as duas, há uma série de botões de atalhos que brilham com LEDs. Há alguns bem úteis, como o para bloquear a tecla do Windows (e não atrapalhar quem estiver jogando e esbarrar nela sem querer), ligar Bluetooth e Wi-Fi, além de modos diversos de economia de energia. Aliás, não temos muito a reclamar do acabamento do aparelho, exceto pelo plástico que suporta essa série de botões – e afunda na região central.

De resto, o aparelho está praticamente todo coberto de LEDs vermelhos. Eles podem ser configurados para brilhar conforme o ritmo das músicas ou para ficar ligados o tempo todo. Embaixo do touchpad, há mais alguns assinalando a carga da bateria ou se o Wi-Fi está ligado.

O notebook ainda não tem preço oficial, mas já pode ser encontrado em algumas lojas por 4.999 reais.

Nenhum comentário: