quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Novas funcionalidades dos navegadores GPS






O equipamento se tornou o mais novo aliado na fuga do trânsito. Agora eles apontam qual é o melhor caminho na hora do rush
Link da matéria:
Mas como essas informações são reunidas? Bom, um programa de rastreamento consulta todos os dispositivos GPS espalhados pela cidade. Todos mesmo! Só a capital paulista tem pelo menos 1 milhão de aparelhos funcionando. O software calcula  a velocidade média do automóvel e compara com o limite da via, daí pode saber se naquela região os carros estão circulando em boa velocidade ou não. A Marginal Pinheiros, por exemplo, tem limite de 90 km/h. Caso o veículo esteja a 20 km/h, o GPS indica para todos os usuários que ali o trânsito é intenso.
São monitorados mais de 15 mil quilômetros de ruas e estradas por todo o Brasil, incluindo capitais como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. O uso dessas informações pode gerar economia de até 650 reais por ano ao motorista só nos gastos com combustível. Nada mal, não é?!
Segundo Elder, os usuário de navegação com serviços de trânsito, economizam muitas horas por ano, economiza até 26% da redução de emissão de CO² e, naturalmente, dinheiro, pois estarão consumindo menos combustível.
Pode não ser a solução definitiva dos problemas que enfrentamos todos os dias nas ruas, mas é uma boa alternativa para tentar fugir do trânsito caótico. Para ver uma matéria especial que fizemos sobre vários modelos de GPS, clique no link que acompanha esta matéria, e encontre o melhor caminho!

Nenhum comentário: