segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Novos processadores da Intel chegarão ao mercado no início de 2011

Novos processadores da Intel chegarão ao mercado no início de 2011

Chips representam as primeiras investidas da Intel no mercado de processadores especializados em gráficos
Os primeiros desktops e laptops com os chips Sandy Bridge, baseados na tecnologia de 32 nm, chegarão ao mercado no início de 2011. Os dispositivos representam as primeiras investidas da Intel no mercado de processadores especializados em gráficos, além de serem mais velozes que os anteriores.

Uma das evoluções destacadas pelos engenheiros no evento de lançamento é uma versão aprimorada do Turbo Boost, que automaticamente realoca recursos dos diferentes cores para acelerar performance e diminuir o consumo de energia de uma forma mais eficiente.

O novo processador tem 1 bilhão de transistores. Só para se ter uma ideia, em 2004, um Pentium 4 tinha 10 milhões deles. Os engenheiros da Intel afirmam que, muito em breve, a quantidade de transistores em um processador irá superar o número de neurônios no cérebro humano.

Durante a Intel Developer Forum (IDF) nesta segunda-feira, 13/09, o  presidente-executivo da companhia, Paul Otellini, disse esperar que em 2011 as vendas de computadores sejam novamente alavancadas pelos mercados emergentes, uma vez que a empresa notou uma queda na demanda de máquinas nos mercados mais desenvolvidos.

Em agosto, a Intel já havia alertado que a receita no terceiro trimestre poderá ficar abaixo do estimado em mais de 1 bilhão de dólares e a família Sandy Bridge é a sua aposta para ganhar espaço entre os fabricantes e consumidores no ano que vem.

Nesta segunda, as ações da Intel subiram 2,7 por cento, enquanto o índice Nasdaq tinha ganho de 1,5 por cento.

Nenhum comentário: