terça-feira, 19 de outubro de 2010

Jobs declara que o modelo do iOS é superior ao do Android


Através de uma conferência de imprensa por telefone, Jobs comentou o cenário da disputa dos sistemas operacionais para smartphones iOS, da Apple, e Android, da Google. Segundo ele, enquantos muitos definem o embate como um conflito entre tecnologia "aberta" e "fechada", o CEO afirma que na verdade trata-se de um confronto entre um modelo "fragmentado" e um "integrado".
"Eu penso que o Android é muito, muito fragmentado e está ficando mais fragmentado cada dia", diz Jobs. A principal crítica do CEO Apple ao sistema rival é o grande número de aparelhos para o qual é desenvolvido. Por conta desta variedade, tanto consumidores quanto desenvolvedores sofrem dificuldades para que programas funcionem corretamente em todos os aparelhos. "Os usuários querem que seu sistema funcione, nós acreditamos que o sistema 'integrado' irá triunfar sobre o 'fragmentado'", completa.
Jobs também garantiu que a abordagem da Apple não é "fechada", e sim bastante próxima com desenvolvedores e os consumidores, não perdendo em nada para o Android e seu modelo opensource.
Quando Jobs se manifesta com suas colocações incisivas, o mercado de tecnologia entra em polvorosa e subitamente todos postam suas frases e as tréplicas. A Google respondeu através de um tweet do vice-presidente de engenharia da empresa, Andy Rubin. Bastante enigmático, numa linguagem próxima ao de comandos digitados em prompts, respondeu que "abertura é poder baixar o sistema Android e a partir dele desenvolver o seu próprio sistema" (pelo menos é isso que achamos que ele quis dizer), numa referência às clausulas da licença GNU a qual o Android está vinculado, que obriga o sistema a partilhar seu código fonte para que outros desenvolvedores o usem.
Os desenvolvedores do software TweetDeck também entraram na questão através de tweets, publicando "Em algum ponto nós dissemos que é um pesadelo desenvolver para Android? Não, nós não dissemos". Como prova, a equipe do TweetDeck afirma que necessita apenas de dois programadores para desenvolver o software para o sistema Android.

Nenhum comentário: