terça-feira, 30 de novembro de 2010

Intel e NVIDIA juntas contra a AMD?!




A firma de consultoria e análises de mercado UBS acredita que Intel e NVIDIA poderão em breve unir forças para combater um inimigo comum. Seguindo o ditado que “o inimigo de meu inimigo é meu amigo”, as duas companhias poderão assinar um novo acordo de compartilhamento de licenças cruzadas. 

De acordo com a UBS, a maior fabricante de chips de silício do mundo aparentemente precisaria das patentes da NVIDIA para competir de forma mais eficiente contra a AMD, ao oferecer aceleradores com alto poder de paralelismo para os sistemas conhecidos como HPC (computação de alta performance). 

Dado o contexto regulatório atual, espera-se que a Intel evite uma disputa em público de um julgamento com a NVIDIA sobre o atual acordo de patentes entre as duas companhias. É que a NVIDIA entende que tem os direitos para desenvolver e vender conjuntos de núcleos lógicos (base para os chipsets) compatíveis com os processadores de última geração da Intel (Core ix), devido ao acordo de licença cruzada fechado em 2004. A Intel, no entanto, acredita que o acordo não abrange os chipsets para processadores com controladores de memória integrados. Como resultado, a Nvidia não pode projetar núcleos lógicos para os chips Intel Core ix.
Pelo visto, o que poderá acontecer é que a NVIDIA “abra mão” de suas patentes relacionadas ao processamento paralelo em troca de obter da Intel os direitos de produzir chipsets para as CPUs Core ix. 

Vale ressaltar que tanto a AMD quanto a NVIDIA estão desenvolvendo aceleradores com alta capacidade de processamento paralelo para o mercado de HPC com base em unidades de processamento gráfico. A Intel também está trabalhando em tais dispositivos. O primeiro produto comercial, codinome Knights Corner deve ser lançado oficialmente em 2012. 

Nenhum comentário: