segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Tudo-em-um da HP tem monitor Full HD




nossa avaliação

prós Visual elegante e resolução full hd
contras Vídeo onboard e desempenho fraco
conclusão Tudo-em-um intermediário, que peca em processamento e vídeo mas possui bom disco rígido

ficha técnica

O computador All-in-One 200-5120br, da HP, é uma opção barata para quem quer economizar espaço na escrivaninha. Este desktop tudo-em-um possui monitor de 21,5 polegadas com resolução Full HD, acarretando em vantagem sobre as diminutas telas de notebooks. Seu hardware não é dos mais potentes: ainda que sua memória seja rápida e abundante (4 GB DDR3), o processador não passa de um Pentium E5400 de dois núcleos e 2,7 GHz e a controladora de vídeo é onboard, característica que complica a renderização de gráficos 3D. Apesar disso, o computador acompanha bons teclado e mouse sem fio, Windows 7 Home Premium e sua capacidade de armazenamento é alta – são 750 GB a serem explorados. O preço da máquina é de 2374 reais.

Assim como deve ser com um desktop tudo-em-um, o 200-5120br possui forte apelo visual. Seu acabamento é, em grande parte, preto brilhante, o que significa que um pano deve ser passado frequentemente em sua elegância para retirar as marcas de dedo. O teclado que está incluído no pacote possui teclas realmente baixas, de digitação agaradável, além de harmonizar visualmente com o resto do computador. O mouse, que não é nada de especial em termos de desempenho, também combina com a máquina. Uma pena sua espessura ser grande, quando comparada à de concorrentes, e haver certa dificuldade em abrir o All-in-One no caso de reparos.

Este All-in-One possui especificações de hardware que podemos chamar de desequilibradas. Há velocidade e espaço tanto na memória (4 GB 1333 MHz) quanto no disco rígido (750 GB 7200 RPM). Por outro lado, o conjunto formado por processador (Pentium E54000) e placa de vídeo (Intel X4500HD) não aguenta aplicativos pesados graficamente, como os jogos mais recentes e programas ricos em vetores. Para aplicações mais leves, como utilizar suíte de escritório, o dono do 200-5120br não deve ter muitos problemas. A máquina, aliás, vem com o Office 2007 com licença total por dois meses. O sistema operacional é o Windows 7 Home Premium de 64 bits.

A tela deste tudo-em-um pode ser considerada um ponto forte, quando colocada lado a lado com concorrentes que não possuem resolução Full HD. E, apesar da controladora gráfica ser integrada com a placa-mãe, possui capacidade de tocar vídeos em alta definição sem engasgos. Infelizmente, contudo, o computador não possui saída VGA, DVI ou HDMI, o que é um pecado para quem quer usar mais um monitor ou, mesmo, mandar vídeos para TV/projetor.

Se, por um lado, não é possível utilizar outra tela com o 200-5120br, a quantidade conexões que o desktop possui é grande. Com leitor de cartões 6-em-1 e sete portas USB, é fácil utilizar fontes de memória portátil. Para se ligar à internet, o All-in-One se utiliza ora da placa de rede Wi-Fi embutida de padrão n, ora da entrada ethernet gigabit. O drive ótico que vem o desktop grava e lê DVDs e, apesar das caixas de som embutidas não serem referência entre os tudo-em-um, se fazem presentes, ao lado de webcam e microfone.

Em suma, é difícil comparar computadores que acoplam monitor e gabinete no mesmo pacote, por conta da diferença de preços. Quando ladeamos este HP com o WindTop AE2020, da MSI, a briga é boa, já que este último custa algumas centenas de reais a menos, mas também possui monitor de resolução reduzida, HD e processador de menor capacidade, placa de vídeo mais forte, entre outros pontos a serem considerados. De nada adianta colocar o 200-5120br para competir com iMac ou mesmo o Positivo Union Touch, porque a discrepância é gigantesca.

Nenhum comentário: