sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Apple, RIM e ZTE crescem mais que o mercado

HELSINQUE - As norte-americanas Apple e RIM, assim como a chinesa ZTE, foram as maiores vencedoras do mercado de celulares no último trimestre de 2010.


Conforme estimativa da empresa de pesquisas IDC, divulgada nesta sexta-feira, o mercado mundial de aparelhos celulares cresceu 18 por cento no quarto trimestre ante igual período do ano anterior, para 401 milhões de unidades, enquanto a Strategy Analytics informou que a alta foi de 16 por cento.

"Usuários de celulares estão propensos a trocar aparelhos antigos por aqueles que podem armazenar dados e arquivos de voz, o que está impulsionando ciclos de crescimento e substituição", disse o analista da IDC Kevin Restivo, em nota.


O mercado de celulares se recuperou de uma queda em 2009, quando a crise econômica mundial prejudicou as vendas de equipamentos novos. Agora, a demanda vem aumentando por smartphones como o iPhone4, da Apple, e o Galaxy S, da Samsung.


As vendas de iPhones dispararam 86 por cento em relação ao ano anterior, enquanto a RIM vendeu 35 por cento mais aparelhos BlackBerry no último trimestre fiscal da empresa, encerrado em novembro.


Fabricantes asiáticas como ZTE, Micromax e Spice foram favorecidas na Índia e em outros locais pelo aumento de celulares que podem funcionar com chips de diferentes operadoras simultaneamente, permitindo que o consumidor opte pela mais econômica ao realizar ligações.


Fortes vendas de celulares mais baratos na China, África e América Latina ajudaram a elevar a ZTE à quarta posição no ranking mundial --atrás de Nokia, Samsung e LG-- pela primeira vez, segundo a IDC.
As vendas da ZTE subiram 77 por cento na comparação anual, somando 16,8 milhões de celulares.

Nenhum comentário: