terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Marina credita 20 mi de votos a redes sociais

Marina credita 20 mi de votos a redes sociais
Maria Silva: não chegaria aos quase 20 milhões de votos se não fosse o amplo apoio recebido por ela nas mídias sociais


SÃO PAULO - A ex-candidata à presidência da República pelo PV, Marina Silva, comentou hoje, durante uma apresentação na Campus Party, sua campanha nas redes sociais durante as últimas eleições.


Marina afirmou que não chegaria aos quase 20 milhões de votos se não fosse o amplo apoio recebido por ela nas mídias sociais.

De acordo com a ex-candidata, as redes sociais durante a campanha foram uma novidade, porém, essa não a primeira delas. "Eu não posso cometer o erro de acreditar que a inovação começou agora. É possível tranformação na política. A história do Brasil é uma demonstração disso", afirmou ela.


Além disso, Marina comparou a campanha online realizada no Brasil com a praticada nos Estados Unidos. Cerca de 4 000 pessoas físicas realizaram a doação de dinheiro para financiar a campanha de Marina. "Não é como nos Estados Unidos onde a prática já é uma tradição. Mesmo assim, o resultado foi bom", analisou ela.


Durante sua fala, Marina saltou para a primeira posição entre os Trending Topics do Twitter nacional e para a quinta posição entre os TT mundiais.


Questionada sobre a fala de Al Gore, realizada minutos antes, sobre a internet livre, Marina afirmou que o Congresso Nacional "não possui a cultura necessária para legislar sobre o assunto".


Em contrapartida, ela apontou o projeto do Marco Civil da Internet como uma alternativa sintonizada com a realidade da rede. "O Marco Civil pode dar o subsídio para que se chegue a um conjunto de leis democráticas", afirmou ela.


Marina também destacou a importância da internet no processo de educação tanto do aluno quanto no de aperfeiçoamento do professor.

Nenhum comentário: