segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

MySpace pode demitir 600 amanhã, revela site

MySpace pode demitir 600 amanhã, revela site
MySpace, que um dia foi a rede social mais popular do mundo, deve demitir entre 550 e 600 funcionários amanhã, dizem fontes


SÃO PAULO – O MySpace, que um dia já foi a maior rede social do mundo, deve demitir entre 550 e 600 funcionários amanhã.


Segundo informa o site All Things Digital, do jornal The Wall Street Journal, citando fontes próximas, as demissões, que já vinham sendo cogitadas, agora têm data para acontecer: 11 de janeiro. A rede social estaria trabalhando na lista de corte que deverá incluir empregados de vários países, diz o site.

As demissões, já esperadas pelos funcionários desde o início do ano, fazem parte de um processo de restruturação do MySpace.


News Corp avalia possibilidade de venda do MySpace


Após as dispensas, a News Corp, dona da rede social, passará a avaliar as opções de venda do site, possivelmente a fundos de private equity, mas também com boas chances do serviço ser negociado com o Yahoo!, de acordo com as fontes do All Things Digital.


O MySpace foi a maior rede social do mundo até maio de 2009, quando foi superado pelo Facebook, que atualmente já passa da casa dos 500 milhões de usuários. Enquanto isso, o MySpace se tornou uma rede social de nicho, voltada para bandas e aficionados por música, e continua definhando.


A companhia conta hoje com escritórios em Londres, Berlim e Sidney. Londres e Berlim empregam 55 funcionários cada, enquanto o posto de trabalho de Sidney abriga outras 30 pessoas.


Inaugurado em dezembro de 2007 no Brasil, o escritório local do MySpace encerrou suas atividades 18 meses depois, em julho de 2008.

Nenhum comentário: