segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Não apoio a pirataria, diz GeoHot

Não apoio a pirataria, diz GeoHot
Cracker George Hotz, conhecido como GeoHot, concede entrevista a canal de TV e afirma ser contra a pirataria


SÃO PAULO – O cracker George Hotz, conhecido como GeoHot e responsável por destravar o Playstation 3, concedeu uma entrevista a um programa de televisão nos EUA e afirmou que sua ferramenta não permite rodar jogos piratas no console.


O cracker está sendo processado pela Sony por fraude computacional e pirataria, por destravar e liberar os códigos aos usuários na internet através de seu site.

Em entrevista ao programa Attack of the Show, do canal de TV G4, GeoHot diz que não apoia a pirataria e que seu software, capaz de destravar o PS3, é legal e não roda jogos piratas, apenas aplicativos amadores.


Ao ser perguntado do porquê então a Sony o estaria processando, GeoHot brincou. “Fiz só uma coisa errada: deixei a Sony brava.”

Nenhum comentário: