sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Os aviões do futuro começam a ser testados

Os aviões do futuro começam a ser testados
Projeto da Boeing para o concurso da Nasa

SÃO PAULO – Como serão as viagens de avião em 2030?


Se tudo depender da Nasa, serão mais silenciosas, rápidas, baratas e menos poluentes – e isso não é especulação.

Ao invés de ficar imaginando, a agência americana decidiu estabelecer as regras das aeronaves do futuro. Em outubro de 2008, a Nasa pediu à empresas e instituições de ensino e pesquisa que imaginassem quais seriam os avanços tecnológicos que permitiriam às aeronaves atender critérios específicos de eficiência e sustentabilidade.

- Voar 85% acima da velocidade do som e carregar entre 2.200 e 4.500 quilos de carga/passageiros
- Conseguir voar produzindo 71 decibéis abaixo dos padrões atuais de barulho estabelecidos pela Federal Aviation Administration.
- Reduzir em mais de 75% as emissões de óxido de nitrogênio
- Reduzir em 70% a queima de combustível fóssil, o que diminuiria as emissões de gases causadores do efeito estufa e baratearia o transporte aéreo.
- Explorar conceitos novos que otimizassem as pistas de pouso e decolagem nas áreas metropolitanas, desafogando aeroportos.

No final de 2010, a NASA assinou contrato com três equipes que irão receber verbas para levar adiante os testes com seus projetos-  Lockheed Martin, Northrop Grumman e The Boeing Company. Ao logo de 2011, elas irão testar suas ideias e realizar simulações para, quem sabe, serem as responsáveis pelos aviões do futuro.




Acima, o modelo apresentado pela Northrop Grumman e, abaixo, o da Lockheed Martin





Fonte: http://www.infor.abril.com.br/

Nenhum comentário: