imagem



Sair de casa e ir a locadora alugar um filme para assistir no sofá numa tarde de Domingo já quase não faz sentido. O vídeo digital - aquele filme ou série que podemos "alugar" em casa através de uma plataforma tecnológica: computador ou da rede de televisão por cabo - está a reduzir o "consumo" de DVD e aos poucos a acabar com o negócio das locadoras. É o prenúncio de uma indústria em decadência? Estará a era do DVD a chegar ao fim da linha? Talvez ainda seja cedo para falar nisso, mas as vendas destes suportes falam por si. A comercialização de DVD tem vindo a cair a pique enquanto os serviços de vídeo digital aumentam a um ritmo frenético. "A preferência por conteúdos digitais é uma tendência global e os negócios tradicionais terão que se adaptar", referente fonte oficial da ZON.

"As locadoras digitais são a evolução natural das locadoras de bairro. É natural que os clientes comecem a preferir escolher um filme para ver na comodidade do seu lar com um simples toque no comando da sua televisão ou acedendo ao seu PC", refere António Margato, responsável de comunicações para a casa da Vodafone Portugal.

Em contraste temos a Blockbuster, uma das maiores cadeias do mundo de Locadoras, que foi das mais penalizadas com a democratização dos videoclubes digitais. Em Portugal, a empresa foi forçada a fechar portas e nos Estados Unidos os credores estão a decidir se injectam mais dinheiro na rede americana. Só nos EUA as vendas de DVD decresceram 16% em relação ao ano anterior. Uma trajectória descendente parece irreversível, mas o ponto de inflexão surgiu já em meados da década passada. O mercado está a mudar, e os operadores tendem cada vez mais a ir ao encontro das tendências do mercado e das preferências dos consumidores que privilegiam estar em casa. Por essa razão, a maior parte das fornecedoras de serviços de televisão já disponibilizam catálogos variados de filmes. Para a Optimus que disponibiliza o serviço Locadora, através do Optimus Clix, "existe uma oportunidade marcada pela conveniência e conforto do aluguer de filmes."

Meo, ZON, Clix, Vodafone e Cabovisão são alguns dos operadores que disponibilizam a locadora online através das suas plataformas. A adesão ao serviço "ZON Locadora duplicou no último ano", diz fonte da Zon. "Apesar de ter de lutar contra o mercado da pirataria, o serviço tem crescido de forma sustentada. Mais de 85% da base de clientes já utilizou o MEO Locadora, " salienta fonte da MEO.

Produtoras preparam resposta ao fim do DVD
A pirataria e o consumo de cinema ‘online' preparam levaram as maiores produtoras a juntarem-se para lançar uma plataforma para a distribuição de filmes pela internet.

Fox, Paramount, Sony, Universal e Warner lideram um consórcio de empresas tecnológicas e audiovisuais denominado Digital Entertainment Content Ecosystem (DECE), fundado para discutir a transição do sector do entretenimento do universo dos suportes físicos à flexibilidade do mundo digital.
A resposta de Hollywood ao desafio de internet vai chamar-se UltraViolet e será criada em meados deste ano, primeiro nos Estados Unidos e depois no Reino Unido e no Canadá. Mais que filmes ou programas de televisão, esta plataforma venderá ao utilizador uma série de licenças que lhe darão direito a ver os conteúdos que adquirir, que serão acessíveis a partir de dispositivos ligados à internet.


ZON
O ZON Locadora conta com mais de 4.000 conteúdos, desde filmes, séries infantis, documentários, programas das televisões generalistas e outras séries, assim como concertos ao vivo. Os conteúdos são alugados durante 24 horas, podendo parar-se a reprodução quando se desejar. "A adesão a este serviço duplicou no último ano. A renovação da plataforma da Locadora, que teve lugar em Dezembro, deu um grande contributo", disse fonte oficial da Zon. A operadora tem apostado nos conteúdos HD ao mesmo preço que os outros conteúdos e criou pacotes temáticos, como o serviço Kids Ilimitado, serviço Filmes e Séries Ilimitado, ou a subscrição mensal de concertos ao vivo. Preços: conteúdos entre 0,49€ até 6,99€. Os filmes variam entre 0,99€ e 3,49€.

MEO

O MEO disponibiliza mais de 2.500 filmes na Locadora, incluindo filmes em HD, com o pagamento feito na factura mensal da televisão paga. O conteúdo fica disponível por 24 horas e pode ser visto tanto na TV como no PC um número de vezes ilimitado. "Existe um acordo com as seis maiores ‘majors' americanas que permite ao MEO Locadora acompanhar os lançamentos de todos os grandes êxitos de Hollywood", destaca fonte da empresa e serviços específicos que podem ser subscritos em base mensal. O serviço de Locadora ‘on demand' do MEO é disponibilizado no âmbito do serviço de televisão do MEO IPTV. Preço: entre os 2,00€ e os 3,50€

Optimus Clix

A Locadora da Optimus Clix conta com um catálogo com cerca de 3.000 filmes e a adesão ao serviço tem vindo a crescer significativamente. "Em 2010 verificou-se um crescimento acentuado do número de alugueres e da taxa de aluguer por utilizador, que se intensificou no segundo semestre", apontou fonte oficial da operadora. "Mais do que concorrer com a tradicional Locadora, que apresenta as condicionantes físicas de levantamento e entrega do filme, este serviço apresenta-se como uma forma legal, económica e de elevada qualidade (HD e som Dolby) de ver os mais recentes títulos do cinema, sem sair de casa", frisa a mesma fonte. Preço: entre 3€ e 6,99€ (alguns são gratuitos)

Vodafone

O serviço da Vodafone permite o aluguer de um filme por 24 horas, 48 horas ou outro período . "A Locadora Vodafone Casa TV disponibiliza um catálogo de cerca de 2.000 filmes. O objectivo é disponibilizar um leque de filmes suficientemente abrangente em termos de categorias disponíveis, títulos recentes, grandes êxitos de bilheteira, filmes premiados, etc", explica António Margato. O serviço na televisão funciona quer por ADSL quer por Fibra, através da ‘box' disponibilizada com o Vodafone Casa TV. A Locadora no PC funciona para clientes Vodafone com qualquer ligação à Internet de banda larga fixa ou móvel de qualquer operador. Preço: entre 0,99€ e 4,5€ para as novidades HD. Alguns filmes são gratuitos e o aluguer de filmes para adultos varia entre 4,99€ (SD) e 5,99€ (HD).

Cabovisão

A operadora Cabovisão só muito recentemente, no quarto trimestre do ano passado, lançou o seu serviço de Locadora digital. O serviço está, para já, apenas disponível aos clientes com a nova ‘box' KAON, sendo que a operadora quer trocar todas as boxes antigas por novos equipamentos, segundo a informação disponibilizada no blogue de apoio ao cliente da operadora de telecomunicações . No documento disponibilizado no blogue de apoio ao cliente da operadora de telecomunicações refere-se que os utilizadores têm de marcar um código para aceder a Locadora Cabovisão. Contactada, fonte oficial da empresa preferiu não comentar. Preço: não

Fonte: http://www.gamevicio.com.br/

0 comentários:

Apresentação!


Aproveite nosso conteúdo e informação. Possuímos um grande arsenal de vídeo-aulas administradas pelo nosso companheiro de equipe Danyel Willian, Assistente de TI, Bacharel em Sistema de Informação e certificação em ITIL FOUNDATION; e postagens para melhor prepará-lo para concursos que relacionem à área de TI.

Espero que gostem de nossas postagens e videoaulas, e que possam com nossas informações adquirir um grande desenvolvimento social e tecnológico nesta área tão requisitada atualmente no mercado de trabalho.

A Equipe Informática Inteligente agradece a preferência!


Tradutor

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Equipe Informática

Equipe Informática Inteligente

Proprietário e ADM Principal

Danyel Willian

Autora - Assessora de Comunicação Digital

Júlia Medici


Autor - Técnico e Professor em TI. Formação em Administração de Empresas

Felipe Aguiar

Autor - Engenheiro da Computação

Julius Cardoso


Outros Administradores

Danilo Alves

Flávio Santos





Mural de Recados

Seguidores

Arquivo do blog

Parceiros/Concursos

Parceiros Aleatórios