segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Twitter rejeitou oferta de compra do Facebook




Wikimedia Commons
Twitter rejeitou oferta de compra do Facebook
Biz Stone, um dos fundadores do Twitter: microblog não tinha interesse em se fundir com outra empresa

SÃO PAULO - Em 2008, o Facebook, tentou comprar o Twitter por cerca de US$ 500 milhões.
Segundo noticiou na época o jornal Financial Times, a oferta da empresa de Mark Zuckerberg não interessou aos três proprietários do microblog, Biz Stone, Evan Williams e Jack Dorsey.

Em entrevista ao jornal neste fim de semana, Biz Stone explicou que eles haviam criado algo que os usuários deram valor, mas que, na realidade, naquele momento ainda não era um negócio, sua vontade. Por isso, diz Stone, não havia interesse do Twitter em se fundir com outra empresa.
Em dezembro, o microblog levantou US$ 200 milhões em capital, transação que fez com que a companhia passasse a ser avaliada em 3,7 bilhões de dólares, menos de um ano após o site iniciar os primeiros esforços para ganhar dinheiro.
Em abril do ano passado, entrou em operação a ferramenta "Promoted Tweets" no trending topics do microblog. Em setembro, o jornal The Wall Street Journal informou que os anúncios, por meio do novo serviço, já eram comercializados por mais de US$ 100 mil.
Desde que foi ar, a iniciativa atraiu mais de 30 grandes marcas, entre elas Coca-Cola, Virgin America e Starbucks. Mas, apesar do bom desempenho, o novo serviço divide opiniões, com alguns analistas ainda relutando em considerá-lo um caso de sucesso.
Muitos deles consideram a ação publicitária no Twitter como uma experiência, que só no futuro se saberá ao certo se dará resultados.

Nenhum comentário: