quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Activision deixará de produzir os jogos "Guitar Hero"

Popularidade de jogos musicais teria entrado em queda.

Reuters. Por Liana B. Baker - As perspectivas da Activision Blizzard para o primeiro trimestre ficou abaixo das expectativas de Wall Street e a empresa fechará sua divisão responsável pelos jogos de música "Guitar Hero", o que causou queda de mais de sete por cento em suas ações, na quarta-feira.
A empresa previu receita de 70 centavos de dólar por ação para o ano, o que fica abaixo da média de 83 centavos de dólar por ação estimada pelos analistas consultados pela Thomson Reuters I/B/E/S.

"As projeções para 2011 foram muito decepcionantes --bem abaixo do que as pessoas esperavam, já que a empresa tinha um longo histórico de receita crescente," disse Eric Kandler, analista da MKM Partners.

A Activision Blizzard anunciou que fecharia sua unidade de negócios "Guitar Hero" e suspenderia o desenvolvimento do próximo jogo "Guitar Hero" porque a popularidade dos videogames musicais entrou em queda. A empresa informou que demitiria 500 dos seus sete mil funcionários em todo o mundo.

Em dezembro, a Viacom vendeu a Harmonix Music Systems, produtora responsável pela série de jogos Rock Band, ao grupo de investimento Columbus Nova, e lucrou 200 milhões de dólares com a transação, estimaram analistas.

A despeito da onda de vendas de ações da Activision Blizzard na quarta-feira, alguns investidores, como Harry Rady, vice-presidente de investimento da Rady Asset Management, elogiaram a decisão da empresa de reduzir seus esforços quanto a títulos como "Guitar Hero" e concentrar recursos em sucessos como "Call of Duty".

"Sempre que uma empresa se concentra em sua linha de maior sucesso para torná-la melhor e mais lucrativa --cortando um braço para tornar o corpo mais forte--, isso demonstra uma equipe de gestão disciplinada", disse Rady, que detém ações da Activision Blizzard.

Os jogos de música têm produção cara, se incluídos os custos de licenciamento das canções e o custo de fabricação de hardware especial, a exemplo de guitarras plásticas.

"Na situação econômica atual, simplesmente não há como gerar lucros com eles", disse Eric Hirshberg, presidente-executivo da Activision Publishing, em conversa telefônica com analistas.

A companhia informou ainda que não lançaria um jogo de skate no próximo ano e que poderia descartar o jogo "True Crime: Hong Kong". A empresa anunciou ainda uma nova plataforma digital, "Beachhead", que seria focada na franquia de grande sucesso "Call of Duty".

Desde que foi lançado em novembro, "Call of Duty: Black Ops" já quebrou recordes no varejo, registrando mais de 1 bilhão de dólares em vendas.


Fonte: http://www.baixaki.com.br/tecnologia/8385-activision-deixara-de-produzir-os-jogos-guitar-hero-.htm#ixzz1DZgQ5DPB
 
 

Nenhum comentário: