domingo, 6 de fevereiro de 2011

MySpace busca compradores. De novo


Myspace
O MySpace pode estar com seus dias contados. O grupo News Corp, um dos maiores conglomerados de mídia do planeta, admitiu mais uma vez que estuda a possibilidade de vender a rede social – adquirida por cerca de 580 milhões de dólares, em 2005. Má administração e o crescimento repentino do Facebook levaram à decadência do site e, atualmente, a companhia busca desesperadamente soluções para minimizar seu prejuízo com o projeto.
“Acreditamos que os planos de para levantar o MySpace possam ajudá-lo a alcançar se pleno potencial. Mas isso vai depender de uma nova estrutura de propriedade. Estamos avaliando as alternativas estratégicas”, declarou Chase Carey, diretor de operações da News Corp. Entre as soluções, estão a venda, a entrada de investidores e até uma nova reestruturação do serviço.
O site já passou por diversas mudanças desde seu lançamento. Em sua última “encarnação”, queria atrair um público de adolescentes artistas dispostos a divulgar seus trabalhos na internet. Apesar dos esforços e dos investimentos, o sucesso não veio. A companhia foi obrigada a demitir quase a metade de sua força de trabalho, deixando apenas uma equipe essencial ao funcionamento do serviço.
No início de janeiro, Mike Jones, presidente-executivo do MySpace, disse que a controladora está avaliando as opções estratégicas para salvar o projeto. Uma das alternativas seria a separação de áreas, que poderia atrair investidores interessados em nichos específicos. A companhia não chegou a detalhar como seria o processo de divisão.

Nenhum comentário: