quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Na mão: o novo notebook gamer da Asus



Há poucos dias falamos sobre o novo notebook gamer da Asus, o G53JW. No papel pode-se ver que sua configuração é pesada, mas só com ele no colo para sentir o quão pesada ela é. O portátil — se é que se pode chamá-lo de portátil — tem 3,7 kg que com certeza se devem a seu poderio.

O desempenho do notebook é garantido por um processador Core i7 de 1,73 GHz e memória RAM DDR3 de 6 GB. Como manda o costume, ele tem placa de vídeo dedicada: uma GeForce GTX 460M com 1350 MHz de clock, 1,5 GB de memória GDDR5 e suporte a conteúdo 3D.

O resultado dessa combinação foi respeitável no rápido teste que fizemos. O jogo Need For Speed SHIFT impressiona nos detalhes de textura e renderização, mesmo com a intensa troca de imagens. O mesmo vale para o Call of Duty 4. O game rodou com bom índice de quadros por segundo e só mostrou algumas falhas no modo 3D.



Essas pequenas engasgadas podem ser culpa do processador, que não é dos mais potentes na categoria. Seria de se esperar que o notebook consumisse muita energia e produzisse muito calor. Nessa hora entra em cena o sistema de resfriamento especial do G53JW. Ele realmente afasta o calor das mãos do jogador e, além disso, mantém o computador em silêncio.

Além da temperatura amena, o acabamento do notebook contribui para seu uso prolongado. O material usado no corpo do notebook é aderente e não incomoda. O touchpad, que também tem bom acabamento, tem botões muito resistentes. O teclado é mais macio, mas não aproveita todo o espaço do aparelho e não vem no padrão ABNT2.


Nos outros recursos do aparelho não há muitos destaques.  Ele aproveita sua capacidade com um Blu-ray player e uma porta HDMI, mas a tela poderia chegar a 1080p (é de 1366 x 768p) e as caixas de som poderiam ter mais intensidade. Essas são duas falhas consideráveis levando-se em conta a categoria do aparelho e seu preço: 7.199 reais.

Fonte: info.abril.com.br

Nenhum comentário: