quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Santo André terá Infovia de 216 km a 10 Gbps

Santo André terá Infovia de 216 km a 10 Gbps
Com o sistema de comunicação via fibra ótica aliada a outros meios de transmissão, Paranapiacaba, vila histórica de Santo André, passou a ter acesso à internet


SÃO PAULO - A prefeitura de Santo André anunciou, hoje, que construirá uma rede de fibra óptica própria (Infovia) de 216 quilômetros com capacidade de trafegar dados a 10 Gbps.


A rede deve ficar pronta até o final de 2011. Para a primeira e a segunda fase da Infovia Digital, ambas já licitadas, de acordo com a prefetura, foram investidos R$ 4,6 milhões.

A etapa inicial consiste, basicamente, na parte de infraestrutura, que envolve a instalação de anel óptico com velocidade de até 10Gbps.


As informações, que anteriormente ficavam centralizadas em apenas um computador, passam a operar com várias localidades de forma integrada e em rede o que, segundo a prefeitura, proporcionará agilidade e confiabilidade na transmissão dos dados.

Na prática, os prédios publicos de Santo André serão interligados por uma espécie de "internet exclusiva".

A conectividade, que era de 71 endereços na primeira fase, atingirá 144 na segunda, já em andamento, direcionada à área da Educação, com conexão via VoiP nas 75  escolas do município. As unidades de ensino passarão a ter acesso ao sistema de gestão da Educação, Internet e rede para monitoramento de segurança.  


Com o sistema de comunicação via fibra ótica aliada a outros meios de transmissão, Paranapiacaba, vila histórica de Santo André, conhecida por seu festival de inverno, passou a ter acesso à internet.

O projeto resultou na ampliação da capacidade de processamento e armazenamento dos servidores da prefeitura de Santo André, gerou economia de energia elétrica, além de redução no tempo necessário ao suporte técnico. Juntos, esses benefícios integram a chamada TI Verde.

Nenhum comentário: