terça-feira, 29 de março de 2011

57% dos brasileiros querem um iPad, diz estudo

57% dos brasileiros querem um iPad, diz estudo

São Paulo — O iPad já é o objeto dos desejos de mais da metade dos brasileiros. Numa pesquisa feita pela empresa GfK, 57% dos entrevistados disseram ter a intenção de adquirir o tablet da Apple se o preço for acessível.


O estudo da GfK foi realizado em janeiro e ouviu mil pessoas, com idade de 18 anos ou mais, em 12 capitais brasileiras. Ele mostra que, como acontece com outros produtos de tecnologia digital, quem mais deseja o iPad são os jovens.

Na faixa etária que vai de 18 a 24 anos de idade, 67% dos participantes da pesquisa declararam ter a intenção de comprar o tablet. Essa porcentagem cai conforme a idade aumenta, chegando a 37% (um número ainda bastante alto) entre as pessoas com 55 anos ou mais.


A pesquisa indica que não há diferença significativa entre homens e mulheres no que se refere à intenção de compra. O iPad é igualmente atraente para ambos. Mas há variações regionais.

Curiosamente, o interesse é maior nas regiões Norte e Centro-Oeste, onde 65% dos habitantes consultados disseram que querem comprar um iPad. Essa taxa cai para 54% no Sudeste.


Ao menos no que se refere ao desejo de ter um iPad, as classes sociais quase se igualam. Segundo a GfK, nas classes A e B, 57% das pessoas querem o tablet. Nas classes C e D, são 55%.


Isso sugere que há espaço para a criação de produtos similares ao iPad, mas de custo mais baixo. Esses tablets econômicos poderiam ter sucesso entre consumidores com menor poder aquisitivo.

Nenhum comentário: