segunda-feira, 7 de março de 2011

Hitachi vende divisão à WD por US$ 4,3 bilhões

Hitachi vende divisão à WD por US$ 4,3 bilhões
Data center: com acordo, Western Digital reforça sua posição no mercado de armazenamento de dados

SÃO PAULO - O grupo japonês Hitachi resolveu se desfazer de sua unidade de tecnologia de armazenamento de dados, vendendo-a à Western Digital por 4,3 bilhões de dólares.


A transação foi aprovada pelo conselho de administração de cada empresa e deverá ser concluída durante o terceiro trimestre de 2011.

Após a conclusão do negócio, a Hitachi ficará com aproximadamente 10% das ações da Western Digital, que adicionará dois representantes da companhia japonesa ao seu conselho de diretores.


A nova empresa, que manterá o nome Western Digital, continuará sediada em Irvine, na Califórnia. John Coyne, presidente da Western Digital, será o CEO, enquanto o atual presidente da divisão da Hitachi, Steve Milligan, se juntará a WD como presidente, reportando-se a Coyne.


Segundo o CEO da WD, o acordo permitirá à empresa reforçar a sua posição na indústria de armazenamento em pesquisa, desenvolvimento e inovação, além de possibilitar a expansão de seu portfólio de produtos, a cobertura de mercado abrangente, bem como a redução de custos, aumentando a capacidade de competir no mercado.


"A aquisição da Hitachi é uma oportunidade única para o WD criar mais valor para nossos clientes, acionistas, funcionários, fornecedores e comunidades nas quais operamos", afirma Coyne.


"Sempre acreditei no potencial da companhia de se tornar uma empresa maior e mais ágil. É uma combinação estratégica. Uma oportunidade para a nova empresa aumentar o valor do cliente e do acionista, além de expandir para novos mercados, declara Hiroaki Nakanishi, presidente da Hitachi.

Nenhum comentário: