terça-feira, 1 de março de 2011

iPad 2 também pode ter chip de dois núcleosiPad 2 também pode ter chip de dois núcleos

iPad 2 também pode ter chip de dois núcleos



SÃO PAULO - Os rumores sobre o iPad 2 vêm circulando na internet há vários meses. Veja, aqui, nossos palpites sobre como será o novo tablet da Apple que será apresentado no dia 2.

Tela de alta definição?

Os rumores são de que a tecnologia Retina Display, usada no iPhone 4, seria empregada também no iPad 2. De fato, a tela brilhante e de muito alta definição do iPhone 4 é sensacional. Para chegar a esse nível, a resolução do iPad (1.024 por 768 pixels) teria de dobrar (indo para 2.048 por 1.536 pixels). Isso exigiria um aumento na capacidade da memória RAM e encareceria o tablet.

Num momento em que muitos concorrentes do iPad devem chegar ao mercado, não seria uma boa decisão, para a Apple, torná-lo mais caro. Assim, o mais provável é que a definição e a luminosidade da tela sejam similares às do iPad atual. Mas é possível que ela se torne menos refletiva para facilitar o uso do tablet em locais ensolarados.

Uma ou duas câmeras


É praticamente certo que o iPad 2 tenha uma câmera frontal para videoconferência. Esse item já está presente no iPhone 4 (na foto ao lado) e nos notebooks da Apple. É usado em conjunto com o recurso de videochamada Facetime, presente no iOS. Já a câmera traseira, para fotografar e filmar, parece esquisita num aparelho que tem o tamanho de uma revista (imagine-se fotografando com ele e você vai perceber a esquisitice).


Mesmo assim, como a câmera traseira é pequena e barata e não causa problemas ao conjunto, é possível que a Apple o inclua. Ninguém deve esperar muito dessas câmeras. Elas não vão substituir as máquinas fotográficas. São itens de conveniência. Se o usuário precisar de uma câmera, ela estará lá.


Mais fino e mais leve


A afirmação de que o iPad 2 será mais fino e alguns gramas mais leve que seu antecessor tem circulado de forma persistente na internet. É possível que seja verdadeira. O iPhone 4 é mais fino que o modelo 3GS. Com alguma melhora na distribuição dos componentes, o iPad pode perder 1 milímetro de espessura ou até mais.


Outro rumor, este em forma de foto, que tem circulado, é o de que o tablet ganharia uma abertura protegida por uma grade na base. Seria o local de um alto-falante mais potente ou uma entrada de ar. É provável que a foto da abertura, que tem aparecido em alguns sites na web, seja falsa. Não combina com o estilo da Apple a ideia de colocar uma abertura feiosa no tablet.


Cartão SD


A ideia de um conector para cartão SD no iPad é atraente para os usuários. Isso tornaria mais fácil transferir conteúdo – como filmes, fotos e músicas – para ele. Mas a Apple não parece muito interessada em oferecer esse tipo de facilidade.


Afinal, o iPhone já está em sua quarta edição e, diferentemente de outros smartphones, não aceita nenhum tipo de cartão de memória. Mesmo assim, é possível que a empresa coloque um conector SD no iPad. Isso tornaria desnecessário o uso de acessórios (como o da foto ao lado) para importar fotos de uma câmera fotográfica. Digamos que as chances de isso acontecer são de uns 40%.


Botão Home


O botão Home, que leva o usuário de volta à tela inicial no iPhone e no iPad, é dispensável do ponto de vista estritamente técnico. Ele poderia ser substituído por um gesto feito com os dedos na tela sensível ao toque. De fato, a versão 4.3 do sistema operacional iOS, que está em fase de testes beta, permite o uso de um gesto para voltar à tela inicial.


Essa característica alimentou os rumores de que o iPad 2 não terá o botão Home. Mas é muito pouco provável que esses rumores sejam verdadeiros. A função do botão Home é muito evidente, mesmo para quem nunca viu um iPad ou iPhone de perto. Já um comando por gesto teria de ser aprendido. Para a Apple, manter o aparelho tão fácil de usar quanto possível parece ser mais importante do que tornar o design mais limpo suprimindo o botão Home. Assim, as chances são grandes de que o botão fique.


Processador com dois núcleos


O iPad marcou a estreia do processador A4, exclusivo da Apple. Como já se passou mais de um ano desde que o tablet foi anunciado, é provável que o chip tenha evoluído. Uma nova versão, talvez com dois núcleos de processamento, deve aparecer no iPad 2.


É possível que seja chamada de A5. O novo processador seria interessante para manter o iPad competitivo em relação aos rivais. Os tablets Xoom, da Motorola, e Optimus Pad, da LG (chamado de G-Slate nos Estados Unidos), por exemplo, têm processador com dois núcleos. O chip mais poderoso deve tornar o iPad mais veloz.

Nenhum comentário: