sexta-feira, 4 de março de 2011

Lenovo crê que LePad supere iPad na China

PEQUIM - O Lenovo Group, quarto maior fabricante mundial de computadores, está confiante que as vendas de seu tablet LePad ultrapassarão as do iPad.












Pelo menos essa é a expectativa para o mercado da China, afirmou hoje o CEO da companhia.


O Lenovo também está em busca de oportunidades de fusão e aquisição nos mercados emergentes, disse Yang Yuanqing.

"Estamos nos saindo melhor que eles (Apple) na China, seja por conta de nossos produtos ou de nossos canais de distribuição," disse Yang. "Mas teremos de trabalhar com mais afinco nos mercados internacionais."
No começo da semana, Steve Jobs, presidente-executivo da Apple, apresentou a nova versão do iPad, que ajudou a criar um novo mercado, o de computadores tablet.


A Lenovo planeja começar a vender o LePad na China neste trimestre, e no restante do mundo até junho, enquanto outras companhias como Nokia e LG Electronics possuem planos semelhantes.


"As capacidades do LePad são bastante parecidas com as de um computador e a empresa tem fortes esperanças para ele," disse Yang.


Ele também afirmou que a empresa não descarta a possibilidade de continuar a introduzir investidores estratégicos internacionais, depois que a IBM vendeu 265 milhões de dólares em ações da empresa com até 4,1 por cento de deságio, em fevereiro.

Nenhum comentário: