sábado, 2 de abril de 2011

Google vende Orkut para Facebook



O Google desistiu do Orkut e acaba de vendê-lo para o Facebook. A compra foi fechada nesta madrugada, exatamente à 01h04 e 11 segundos.

A fusão foi revelada pelo engenheiro de software indiano Odut Aritnem, que pediu demissão da empresa ao descobrir sobre a venda da rede social mais popular no Brasil e na Índia. “Eu amo o Orkut. Não me conformo”, disse. Há dois anos, ele deixou a equipe de desenvolvimento do Google Wave, na Austrália, para trabalhar no escritório do Google em Belo Horizonte. Também fez parte dos times do Google Notebook, Google Video e Google Answers. De acordo com Aritnem, a rede de Mark Zuckerberg vai pagar US$ 501.042.011,00.

Todos os perfis de usuários do Orkut vão migrar para a nova rede formada pela fusão, que passará a se chamar FacebOk e adotará o logo exibido acima. O novo layout do Orkut, que estreou recentemente, será mantido e ganhará a cor azul. “FiKEi mTu TRisti…… TinHAH MtuxXx faxXx nu oRkuT. u KI vOw fAZe kuM MinHaxXx FoteEnhAxXx?”, disse Fake Guy, um dos usuários da agora extinta rede social do Google. A comoção foi geral. “A gEnti kRItICAvah…mAxXx A GEnTi GOsTAVAH MTu DI laH. kolheita feliz eh mtu bom…”, afirmou a internauta Patricia Sloof.

A equipe do Google Brasil que cuidava do Orkut agora vai trabalhar em um novo produto, um tradutor do miguxês que será incorporado ao Google Translator. Há rumores de que o grupo também passará a desenvolver outro produto que será incorporado ao Google Maps, o Google River View. Trata-se de uma versão do Street View que será feita em rios como o Amazonas, o Araguaia e o Tietê.

Comentário Pessoal:

É óbvio que o mercado de tecnológica gira muito rápido e necessita de boas estratégias de marketing para fincar em alicerces, mas entendo que a venda do orkut para o facebook, cria um rede social mais sólida, mas ao mesmo tempo pouco competitiva. Infelizmente não existe possibilidade de voltar atrás, mas é uma verdadeira fraqueza não suportar a pressão de Mark Zuckerberg. Espero que surjam mais redes sociais a fim de oferecer melhores produtos para seus clientes.

Nenhum comentário: