quinta-feira, 28 de abril de 2011

PM de São Paulo começa a testar redes 4G


SÃO PAULO – A Polícia Militar do Estado de São Paulo será uma das primeiras a testar as redes 4G com a tecnologia LTE (Long Term Evolution).
A corporação fechou um protocolo de intenções com a Alcatel-Lucent para instalar os equipamentos (incluindo estações rádio base) e fazer os testes necessários para o funcionamento da rede. A tecnologia está nos primeiros testes na América Latina.

A rede 4G será acessada pelos tablets comprados pela PM da empresa mineira MXT no início de março. Foram 11 000 no total, além de 5 000 aparelhos de GPS de bolso.
Com a rede mais larga, o tráfego de dados será facilitado e os policiais poderão acessar com mais facilidade o sistema integrado de dados da PM, agora acessível nos tablets.
“Nossa expectativa é atingir uma velocidade de 60 Mbps”, afirma o Tenente-Coronel Alfredo Deak Júnior, chefe do Centro de Processamento de Dados da PM paulista.
Segundo ele, a medida é importante para garantir a melhoria da performance de transferência dos dados para as viaturas, o que diminui a incidência de casos em que os policiais são pegos de surpresa por um determinado fato.
O período inicial de testes com o 4G, feitos apenas na região metropolitana, deve durar 90 dias. A partir desta experiência a PM terá mais base para determinar os itens necessários para possíveis licitações com as operadoras de telefonia.

Nenhum comentário: