terça-feira, 17 de maio de 2011

Ataque à PSN teria início em servidor Amazon


SÃO PAULO – Os crackers responsáveis pela invasão à rede PlayStation Network (PSN) podem ter utilizado servidores da Amazon para dar início aos ataques, segundo informa o jornal Bloomberg.
Os servidores em questão teriam sido alugados pelos criminosos e eram disponibilizados pela Amazon para a prestação de serviços terceirizados em nuvem, conhecido como Amazon Web Services.
Segundo uma fonte confidenciou ao jornal, os criminosos teriam alugado servidores Amazon EC2 utilizando dados falsos e teriam a partir daí iniciado os ataques à rede PSN. A Sony não confirma informações, pois o caso corre sob sigilo, mas a empresa afirma que os ataques foram muito sofisticados e elaborados por profissionais.
O uso de servidores alugados ou sequestrados para iniciar ataques é típico de crackers profissionais, devido ao grande alcance e proliferação desses parques de servidores. De acordo com a Amazon, a conta já teria sido suspensa, porém a empresa não quis fornecer detalhes sobre o caso.
Além de pequenas e médias empresas, cerca de 70 grandes corporações também mantêm suas bases na Amazon como o Foursquare, New York Times, Reddit, Quora, Instagr.am, Netflix, entre outros.

Nenhum comentário: