sexta-feira, 20 de maio de 2011

Estudos mostram que consumidor é exigente com celular, mas infiel com operadora

imagem

O cliente de telefonia móvel é exigente, preza pela qualidade do aparelho e não compra por impulso. Essas são as conclusões do estudo da FEARP (Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto) da USP: Satisfação do consumidor de telefonia móvel, por meio de escala de categorias.

O consumidor também é infiel em relação à operadora e altera a empresa quando recebe propostas melhores. A pesquisa de Felipe Faleiros Sousa, graduado em administração, usou a escala EASCB (Escala de Avaliação da Satisfação do Consumidor Brasileiro) para entrevistar 150 pessoas. O perfil mais comum entre os entrevistados é de jovens do sexo feminino, solteiros e com escolaridade universitária.

O estudo aponta também que a escolha do aparelho é rigorosa. O cliente se esforça para achar o produto com os melhores benefícios, dentro do preço que ele pode pagar.

O professor da FEARP, Márcio Mattos Borges de Oliveira, que orientou o estudo, elogiou o comportamento dos consumidores. Para ele, essa atitude valoriza o preço pago pelo serviço e fortalece a competitividade e a produtividade desse mercado no país.

Nenhum comentário: