terça-feira, 31 de maio de 2011

Versão de Kernel do Linux atinge versão 3.0


Foi liberada ontem, 29 de maio, a versão 3.0-rc1 do kernel (núcleo) do sistema operacional Linux. Segundo o próprio Linus Torvalds, criador da primeira versão e atual mantenedor, a série 2.6 se arrastava por muito tempo e quase chegou a ultrapassar o número 40 (atualmente o kernel está na versão 2.6.39).


Mesmo com o Torvalds reforçando que não se trata de uma mudança brusca no código, as novidades são ótimas e demonstram o grau de inovação do sistema. Conheça algumas delas:

- Melhorias no suporte a processadores Intel Sandy Bridge e suporte inicial ao seusucessor, o Ivy Bridge;
- Cleancache – Grosso modo, trata-se de um mecanismo que afeta diretamente a performance de alguns sistemas de arquivo (incluindo EXT4 e brtfs), por meio de um mecanismo que dá acesso a memória transcendental (memória ou disco não visível ou endereçável diretamente pelo kernel);

- Driver oficial para o Microsoft Kinect – Baseado no código do projeto OpenKinect, o driver reconhece o sensor RGBA (stream de vídeo) e o sensor infravermelho.

A última da lista parece controversa, dado que é um acessório da Microsoft. Mas é justificável pelo fato de ser um hardware cheio de recursos a um preço bem competitivo. Ademais, há diversos projetos na comunidade de software livre para utilizá-lo como interface homem-máquina.

Nenhum comentário: