quarta-feira, 25 de maio de 2011

Zuckerberg quer menores de 13 anos no Face


SÃO PAULO - Por lei, pessoas com menos de 13 anos não são permitidas no Facebook. Mas isso pode mudar. O fundador da rede social e seu CEO, Mark Zuckerberg, declarou publicamente que é a favor de crianças no site.


De acordo com o americano de 27 anos, a rede social pode ser usada como ferramenta de educação. E quanto mais cedo os jovens a descobrirem, melhor.

“A educação é claramente o fator que irá conduzir melhorias na economia a longo prazo. No futuro, software e tecnologia irão permitir que as pessoas aprendam muito com seus colegas", disse ele durante uma conferência acompanhada pela CNN Fortune.


Para conseguir aprovação para o cadastro de crianças no site, Zuckerberg estaria disposto a implantar opções de segurança especiais para esses usuários. Por definição, o Coppa (Children´s Online Privacy Protection Act) proíbe a inscrição de menores de 13 anos em sites que façam a coleta de informações pessoais.


Como exemplo de uso da aplicação na tecnologia na infância, Zuckerberg cita a si próprio. Ele começou a programar logo que ganhou seu primeiro computador, ainda no início da adolescência. Seu primeiro programa foi um game com o personagem Yoda.

Comentário: Acho o que querem é meramente uma legalização, haja vista que as crianças podem mudar a idade para criação de um perfil.

Nenhum comentário: