segunda-feira, 27 de junho de 2011

Ataques dão prejuízo de US$ 2,7 mi ao Citi


São Paulo – Os recentes ataques voltados contra o Citigroup no início do mês registraram um prejuízo de US$ 2,7 milhões à instituição financeira.
De acordo com o banco, os criminosos roubaram os dados bancários de mais de 360 mil correntistas nos Estados Unidos, mas é a primeira vez que o banco confirma que de fato houve fraudes causadas pelo vazamento.
O prejuízo contabilizado pelo Citigroup diz respeito aos dados de 3,4 mil contas que sofreram fraudes após o vazamento das informações de seus cartões de crédito.
Segundo a instituição financeira, os crackers não tiveram acesso ao sistema central de processamento de cartões de crédito, porém obtiveram informações como números, nomes e dados pessoais. Os prejuízos sofridos pelos clientes serão arcados pelo próprio banco.
Além do Citigroup, outras dezenas de corporações e instituições governamentais como CIA, FMIPetrobrasIBGESony Pictures foram vítimas de ataques de crackers

Nenhum comentário: