Tela de abertura
Tela inicial do Build 7989: Windows 7 com quase nenhuma alteração 


Uma edição pré-beta do Windows 8 — o Build 7989 — circula na web. Veja o que ela revela sobre a próxima versão do sistema operacional.

Depois que a Microsoft mostrou, no início do mês, algumas telas do Windows 8, esta versão que chegou à internet é a primeira manifestação pública do sistema. Obviamente, o Build 7989 não é um produto oficial, e portanto não se pode descartar a possibilidade de ser um código falso.

Mas, bem analisado, o Build 7989 parece verdadeiro. Tão logo ele surgiu na web, os entusiastas das janelas começaram a analisá-lo, pelo direito e pelo avesso. Aqui, nós também resolvemos dar uma olhada bem curiosa nessa ovelha desgarrada.

A instalação ainda ocorre nas mesmas bases do Windows 7. Aberto o sistema, também não se vê nada de novo, nem nos menus, nem na estrutura de pastas do sistema. O plano de fundo da área de trabalho mostra ao centro um tabuleiro, com algumas letras, que lembra um painel de palavras cruzadas. Embaixo, uma frase irônica: “Shh… let’s not leak our hard work” (Shhh… não deixemos vazar nosso duro trabalho). Até aí, nada demais. É só um papel de parede.

teclado
Teclado virtual: para usar nos tablets ou no PC


Teclado virtual


Na barra de tarefas surge a primeira novidade. Trata-se de um botão que abre um teclado virtual, indício do funcionamento do sistema em desktops e tablets. Em telas sensíveis ao toque, esse teclado pode ser operado com os dedos. Nos desktops e notebooks comuns, ele atende aos comandos do mouse.

Na extremidade inferior direita, esse dispositivo virtual tem uma tecla que permite a escolha do idioma (se houver mais de um configurado) e ainda exibe quatro botões de configuração. Um deles oculta o teclado. Para trazê-lo de volta, basta clicar no botão localizado na barra de tarefas. O segundo exibe o teclado no formato normal. O terceiro mostra as teclas em dois blocos separados, à esquerda e à direita. Esse formato lembra o daquele teclado ergonômico da Microsoft (Natural Keyboard) que separa as teclas digitáveis com cada uma das mãos.

O quarto e último botão deixa apenas algumas teclas no lado direito e abre grande espaço para alguma função ainda não implementada. Aparentemente, o usuário poderá escrever com o dedo ou com o mouse no espaço livre e converter a escrita manual em texto digital na aplicação em uso.

Assim como os teclados virtuais dos smartphones, esse do Windows 8 tem também uma tecla para acessar números e sinais não alfabéticos; e outra (uma carinha sorridente) que mostra uma coleção de ícones e outras carinhas, às vezes nada amigáveis. O dispositivo é mesmo beta: acionei todas essas teclas e todas elas geraram o mesmo sinal: uma interrogação dentro de um retângulo.

Quando se fecha o teclado virtual, ele fica minimizado, apenas com uma pontinha à vista, na parte esquerda da tela. Basta clicar ali para trazê-lo de volta.

Na extremidade direita da barra de tarefas, aparece um botão com a foto ou avatar do usuário — a mesma imagem mostrada no topo do menu Iniciar. Essa também parece ser uma função inacabada. Clica-se nesse botão e (ainda) não acontece nada.

Login por toques


A rigor eram essas as novidades. Mas também é possível configurar o acesso ao sistema por meio de um padrão de toques (como alternativa à digitação de senha). Na tela de configuração da conta do usuário, há três novos comandos. Um define ou altera um padrão de deslizamento do dedo na tela (também pode ser feito com o mouse) que vai funcionar como senha; o outro apaga o padrão ativo; e o último desabilita o acesso por meio de toques.

O acesso via toques se faz de modo similar ao login em smartphones Android. O usuário escolhe como deseja entrar.

Windows Explorer
Windows Explorer: com faixa de opções, como o Office


Faixa de opções


Outra novidade é que a interface baseada em faixas de opções (como no Office, a partir do 2007) vai chegar também ao Windows Explorer. Agora, o gerenciador de arquivos apresenta três guias e as correspondentes faixas: Home, Share (Compartilhar?) e View (Exibir?). Na primeira, estão comandos comuns, como copiar, copiar caminho, selecionar etc. Share tem comandos para gravar CDs/DVDs, enviar e-mails e compartilhar atalhos. Em View ficam os ajustes que definem como exibir a tela, os tamanhos dos ícones e a classificação dos nomes dos arquivos.

Mas, assim como no Word ou no Excel, outras guias e subguias aparecem conforme as pastas e arquivos selecionados. Diferentes itens se apresentam se pasta ativa é Computador (aí aparecem links para o Painel de Controle e o desinstalador de programas) ou contém itens como texto, músicas, fotos e vídeos.

Um detalhe: na instalação normal do Build 7989, a barra de opções do Windows Explorer não apareceu de primeira. Foi necessário instalar uma DLL, também vazada na internet.

0 comentários:

Apresentação!


Aproveite nosso conteúdo e informação. Possuímos um grande arsenal de vídeo-aulas administradas pelo nosso companheiro de equipe Danyel Willian, Assistente de TI, Bacharel em Sistema de Informação e certificação em ITIL FOUNDATION; e postagens para melhor prepará-lo para concursos que relacionem à área de TI.

Espero que gostem de nossas postagens e videoaulas, e que possam com nossas informações adquirir um grande desenvolvimento social e tecnológico nesta área tão requisitada atualmente no mercado de trabalho.

A Equipe Informática Inteligente agradece a preferência!


Tradutor

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Equipe Informática

Equipe Informática Inteligente

Proprietário e ADM Principal

Danyel Willian

Autora - Assessora de Comunicação Digital

Júlia Medici


Autor - Técnico e Professor em TI. Formação em Administração de Empresas

Felipe Aguiar

Autor - Engenheiro da Computação

Julius Cardoso


Outros Administradores

Danilo Alves

Flávio Santos





Mural de Recados

Seguidores

Arquivo do blog

Parceiros/Concursos

Parceiros Aleatórios