quinta-feira, 23 de junho de 2011

Grupo viola dados do Ministério do Esporte


São Paulo – Em mais uma ação contra os sites do governo brasileiro, o grupo de crackers LulzSecBrazil violou arquivos supostamente do Ministério do Esporte.
Em sua conta no Twitter, os invasores disponibilizam supostos dados de receitas e despesas dos estados e criticam o investimento público em estádios para a Copa.
O grupo aproveitou, ainda, para tripudiar do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), responsável pela segurança do sistema do governo. “SERPRO? SEGURANCA? Eles nao sabem o que e isso confira em esporte.gov.br ARQUIVOS COPIADOS ->”, diz o tuíte, seguido do link para os com as supostas informações do ministério.
Dilma e Kassab também são alvo
O grupo LulzSecBrazil, que reivindica o ataque ao site da Petrobras após ter tentado invadir os sites da Presidência da República, Receita Federal e Portal Brasil, postou no Twitter um link para um arquivo com supostos dados da presidente Dilma Rousseff e do prefeito paulista Gilberto Kassab.
O arquivo apresenta informações (parte delas públicas, presentes, por exemplo, na prestação de contas dos mandatários nas campanhas eleitorais) como números do CPF e do PIS, data de nascimento, telefones, signo, nome da mãe do prefeito Kassab e e-mails pessoais.

Nenhum comentário: