sexta-feira, 3 de junho de 2011

Nokia abdicou do Android para não se render


São Paulo – Durante uma conferência nos Estados Unidos, o CEO da Nokia, Stephen Elop, defendeu a opção pelo acordo com a Microsoft para a adoção do Windows Phone 7 em seus smartphones em detrimento do Android, do Google.

O executivo admitiu que chegou a cogitar escolher o popular sistema operacional do Google para ser usado nos dispositivos da companhia finlandesa, mas mudou de ideia para não parecer que se rendeu à concorrência mais forte.

"Estudamos a opção do Google [Android]. Pensamos em nos unir a um sistema forte e em crescimento, mas nos preocupava o fato de que não poderíamos nos diferenciar o suficiente. Além disso, era uma questão de atitude. Se adotássemos o Android, teríamos dado a impressão de que estávamos nos rendendo. Não nos rendemos. Estamos lutando com força", disse no último dia do evento Uplinq, realizado em San Diego, na Califórnia.

Nenhum comentário: