Nova York - Voltas por cima serão a trama dominante da Electronic Entertainment Expo (E3), a feira anual na qual o setor de videogames exibe variedade espantosa de novos jogos, consoles e aparelhos variados, e que começa na semana que vem.

Cerca de 45 mil jornalistas, profissionais do setor e analistas estarão em Los Angeles para a conferência E3, que ocupará um espaço equivalente a oito campos de futebol.


A conferência deste ano, que se estenderá de 7 a 9 de junho, começa em um momento no qual o setor está tentando se adequar ao rápido crescimento dos jogos online e para celulares, e no qual dois de seus baluartes se veem em situação insegura.

A Nintendo, que vinha liderando as vendas de hardware, luta para conquistar usuários junto à Microsoft e Sony, e teve resultados decepcionantes com o lançamento de seu portátil 3DS. Em um esforço para retomar a liderança, ela exibirá um novo console de videogame.

A Sony, enquanto isso, tentará apagar a mancha causada por uma violação de dados que expôs informações pessoais de mais de 100 milhões de usuários de sua rede online de videogames.
Ambas as companhias japonesas realizarão entrevistas coletivas antes da abertura oficial da E3, na terça-feira.

A Nintendo até o momento divulgou poucos detalhes sobre o novo aparelho, mas ele deve oferecer recursos gráficos de alta definição, um controlador especial, sensores de movimentos e tecnologia que permitirá que execute jogos antigos da companhia.

A introdução de um novo console para a casa, o primeiro em cinco anos, pode reanimar o setor mundial de videogames, que vem enfrentando dificuldades apesar de movimentar 65 bilhões de dólares ao ano, disseram executivos do setor.

"Considero o lançamento de um novo aparelho da Nintendo como positivo para o setor, porque força todo mundo a apresentar melhor desempenho", disse Yves Guillemot, presidente-executivo da produtora de videogames francesa Ubisoft. "Isso forçará Microsoft e Sony a agirem", disse.

A Sony lançou o PlayStation 3 em novembro de 2006, enquanto a Microsoft lançou o Xbox em novembro de 2005. Os dois consoles têm vendas firmes e nenhuma das duas fabricantes anunciou planos imediatos para novos sistemas, diferentemente da Nintendo.

 Para atualizar seus consoles, Sony e Microsoft lançaram novos controladores dotados de sensores de movimentos, que permitem que os usuários se vejam dançando ou praticando esportes em suas telas de TV

Hackers

A Sony enfrenta tipo diferente de obstáculo depois de um ataque de hackers em abril. Desde que ele ocorreu, os críticos vêm atacando a empresa por não proteger bem suas redes e por ter esperado uma semana antes de alertar aos clientes cujos dados podem ter sido comprometidos.

O sistema online de videogames da Sony, a PlayStation Network, passou cerca de três semanas desativado, e algumas de suas partes ainda não voltaram a funcionar em alguns países. Legisladores, autoridades regulatórias e a polícia de diversos países estão investigando os ataques.

Há pouca chance de que a Sony escape às consequências do ataque durante a E3.
"A apresentação da Sony terá de incluir um mea culpa quanto aos ataques e reassegurar os clientes de que suas informações estão seguras", disse Eric Handler, analista da MKM Partners. "Não vão poder varrer a situação para baixo do tapete."

Quando conseguir desviar as atenções do ataque, o foco da Sony será divulgar seu novo portátil, o Next Generation Portable, ou NGP, que ainda não foi lançado. O esguio aparelho dotado de tela sensível a toques de cinco polegadas dispõe de conexões WiFi e 3G e câmera frontal e traseira. A Sony deve divulgar detalhes do preço, data de lançamento e títulos que estarão disponíveis para o NGP, durante o evento.

Outro tema dominante da E3 serão os jogos online. Trata-se de uma ampla game de títulos jogados na Internet, especialmente no Facebook, via computador, console ou celular e tablet. Os jogos online e digitais gerarão receita de até 18 bilhões de dólares este ano, 15 por cento acima do ano passado, de acordo com a DFC Intelligence.

A Electronic Arts Inc anunciou na sexta-feira o lançamento de um serviço online de jogos chamado "Origin", que permitirá que consumidores comprem e baixem jogos online diretamente dele, bem como acompanhem todos os seus jogos em diferentes plataformas.

"Battlefield 3" e "FIFA 12", dois títulos importantes da companhia, estarão disponíveis no Origin quando o serviço chegar ao mercado.

0 comentários:

Apresentação!


Aproveite nosso conteúdo e informação. Possuímos um grande arsenal de vídeo-aulas administradas pelo nosso companheiro de equipe Danyel Willian, Assistente de TI, Bacharel em Sistema de Informação e certificação em ITIL FOUNDATION; e postagens para melhor prepará-lo para concursos que relacionem à área de TI.

Espero que gostem de nossas postagens e videoaulas, e que possam com nossas informações adquirir um grande desenvolvimento social e tecnológico nesta área tão requisitada atualmente no mercado de trabalho.

A Equipe Informática Inteligente agradece a preferência!


Tradutor

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Equipe Informática

Equipe Informática Inteligente

Proprietário e ADM Principal

Danyel Willian

Autora - Assessora de Comunicação Digital

Júlia Medici


Autor - Técnico e Professor em TI. Formação em Administração de Empresas

Felipe Aguiar

Autor - Engenheiro da Computação

Julius Cardoso


Outros Administradores

Danilo Alves

Flávio Santos





Mural de Recados

Seguidores

Arquivo do blog

Parceiros/Concursos

Parceiros Aleatórios