segunda-feira, 20 de junho de 2011

Sem rumo, fabricante do BlackBerry preocupa



Toronto - Os fracos resultados trimestrais da RIM e seu fracasso em oferecer uma estratégia clara para se recuperar do declínio fizeram com que suas ações caíssem ontem mais de 20%, assim como outras empresas que foram estrelas no setor de tecnologia e perderam seu brilho.
Os papéis da fabricante do BlackBerry atingiram seu menor nível em quase cinco anos na manhã seguinte à divulgação dos resultados, que ficaram atrás das próprias previsões fracas da RIM. As ações acumulam queda de mais de 60 por cento desde fevereiro.

Ainda mais preocupante é o fato de que alguns acionistas da companhia estão mostrando ter intenções de abandoná-la.
Um dos maiores investidores da RIM, Jarislowsky Fraser, já reduziu sua participação pela metade, de acordo com a Bloomberg.
Outro investidor está dando à RIM seis meses para pôr seus negócios em ordem.
"Acho que nos próximos seis meses teremos uma ideia muito melhor da situação em que estamos", disse o diretor de um fundo com participação marjoritária. "Eles mostraram uma estratégia de negócios e estamos medindo sua habilidade de executá-la".
A RIM teve lucro líquido de 695 milhões de dólares, ou 1,33 dólar a ação, e receita de 4,9 bilhões de dólares. Analistas esperavam lucro de 1,32 dólar a ação e receita de 5,1 bilhões de dólares.
Um ano atrás, a RIM havia lucrado 1,38 dólar a ação e obtido receita de 4,24 bilhões de dólares.

Nenhum comentário: