segunda-feira, 4 de julho de 2011

Crackers anunciam morte de Obama no Twitter




Washington  - A conta no Twitter sobre notícias de política da rede de televisão FoxNews, a FoxNewspolitics, foi invadida nesta segunda-feira e usada para divulgar notícias falsas de que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, foi morto a tiros.
"Essas informações são incorretas, é claro, e o presidente está passando o feriado de 4 de julho com sua família", disse a FoxNews.com nesta segunda-feira em comunicado no qual divulgou que a conta no serviço de microblogs foi invadida.

O governo dos Estados Unidos ainda não se manifestou e o Serviço Secreto, responsável pela segurança do presidente, não quis comentar o assunto.
A primeira mensagem dizia: "@BarackObama acaba de falecer. O presidente está morto. Um triste 4 de julho, realmente. O presidente Barack Obama faleceu".
A mensagem seguinte afirmava "@BarackObama acaba de falecer. Há quase 45 minutos ele levou dois tiros na região baixa da pelve e no pescoço; o atirador é desconhecido. Sangrou até a morte".
Ao todo, cerca de seis mensagens foram publicadas, dizendo que Obama recebeu um tiro em um restaurante no Iowa enquanto fazia campanha.
Obama não esteve no Iowa neste fim-de-semana e voltou para a Casa Branca no domingo de uma breve viagem a Camp David.
"Hackers publicaram várias mensagens mal-intencionadas e falsas dizendo que o presidente Obama foi assassinado", afirma o comunicado.
"A invasão está sendo investigada e a FoxNews.com lamenta qualquer incômodo que as falsas mensagens possam ter criado."
O incidente é o mais recente de uma série de ações de hackers que chegaram às manchetes do mundo nas últimas semanas.

Nenhum comentário: