terça-feira, 26 de julho de 2011

A escala Épica de Need for Speed: The Run


Corram para as colinas



É justo dizer que a apresentação de Need for Speed: The Run na E3 não ajudou muito. O que ele fez, no entanto, foi mostrar-nos que isto é algo um pouco diferente - e na criação de um jogo de corrida em torno de uma história dentro do jogo, a Black Box realmente está fazendo algo novo com o Need for Speed: The Run. O jogo single-player inteiro é um cross-country, de costa a costa na América do Norte contra 200 outros, do centro de San Francisco por meio das colinas da Califórnia, nos desertos de Nevada, as montanhas cobertas de neve Rocky, rodovias interestaduais e icónica cidades americanas. É um jogo de corrida construído em uma escala realmente impressionantes. 

Você não tem que percorrer a coisa toda de uma só vez, obviamente. O jogo é dividido em seções diferentes, cada um dos quais contribui para um tempo total. Na maioria das vezes você está no carro, evitando o tráfego em rodovias interestaduais ou correndo por estradas montanhosas. As vezes quando você está fora do carro, fugindo de policiais, trocando de carros ou pulando pelos telhados Chicago como no demo da E3, representam menos de 10% da experiência total. Esses momentos estão lá para fornecer um pouco de variedade e mudança de ritmo e também para contar uma história, explica Jason Delong Produtor Executivo da Black Box.

"The Run é o nosso modo de carreira - é uma corrida de costa-a-costa épico, que é o conceito principal do jogo", explica ele. "Mas a narrativa que se desenrola é que opersonagem  principal, Jack se encontra em uma situação bem complicada pra um iniciante, e basicamente, a única maneira de sair dele é entrar nesta corrida e ganhar o prêmio em dinheiro. Se ele não ganhar, será morto, o que acaba se tornando na corrida de sua vida"

Nenhum comentário: