sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Rootkits se originam em cópias piratas do XP


São Paulo – Durante análise de amostras de rootkits, a empresa de segurança Avast identificou que mais da metade das infecções tiveram origem em cópias ilegais do Windows XP.
Os pesquisadores analisaram durante seis meses mais de 630 mil amostras de rootkits nos sistemas Windows e descobriram que 74% deles tinham origem em cópias piratas do XP.
Os rootkits são ferramentas geralmente utilizadas por crackers após invadir um sistema, a fim de conseguir privilégios de administrador e contornar processos de autenticação. Por conta disso, podem pôr em risco todo o seu computador.
Pela pesquisa, 74% das infecções vem do Windows XP, contra 17% em máquinas com Windows Vista e 12% do Windows 7.
Com milhões de PCs ainda por trás da parede WGA (Windows Genuine Advantage, sistema antipirataria da Microsoft), o número de infecções ainda pode aumentar. Segundo os pesquisadores, o número baixo de infecções no Windows 7 é atribuído às ferramentas de proteção do sistema como a UAC, Patchguard e Driver Signing.

Nenhum comentário: